Confiabilidade do RB10 dificulta vida da Red Bull, mas Vettel garante: “Podemos mudá-la”

Tetracampeão mundial confia que Red Bull pode se recuperar de pré-temporada difícil, porém não sabe quanto tempo será necessário para que o RB10 ser confiável

Sebastian Vettel segue com dificuldades no cockpit do RB10. Em seus últimos dois testes de pré-temporada, o tetracampeão mundial brigou com seu carro e aparentemente, perdeu. No sábado, deu dois terços de volta; no domingo (2) conseguiu rodar razoáveis 77 voltas, mas não baixou o tempo da casa de 1m37s. O alemão admitiu que não sabe quando o carro da Red Bull terá seus problemas solucionados.
Sebastian Vettel ainda não sabe quando a Red Bull poderá contar com um carro confiável (Foto: Getty Images)
"Não é a melhor situação, mas nós podemos mudá-la. Todos estão extremamente motivados a resolver os problemas, só que não acontece do dia para a noite. Nesse momento, confiabilidade é a grande questão", disse. "É difícil dizer quanto tempo levará para consertarmos. Acho que devemos olhar para o fato de que em duas semanas teremos novos componentes no carro", falou Vettel.
 
"Tivemos danos por causa dos problemas que tivemos aqui e alguns componentes não ficam disponíveis com rapidez. Olhando por esse lado, acredito que as coisas vão melhorar nas próximas duas semanas.", seguiu.
 
Embora a preocupação com a confiabilidade do RB10 seja grande, o alemão não parece tão preocupado com o desempenho do carro. Pelo contrário, Vettel dá a impressão de estar animado com o prospecto de máquina veloz que tem em mãos.
 
"Obviamente não aceleramos muito, mas o pouco que fizemos pareceu promissor. Uma vez que começarmos a pegar no tranco, a velocidade deve estar ok.", completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube