Confira declarações dos pilotos após classificação do GP da Estíria de 2020

Com 1min19s273 em um treino sob chuva, Lewis Hamilton assegurou a pole-position no Red Bull Ring neste sábado (11). 1s216 mais lento, Max Verstappen sai em segundo, com Carlos Sainz Jr. fechando o top-3

Lewis Hamilton reinou em uma classificação sob chuva para o GP da Estíria de Fórmula 1. Em sua última volta, o britânico cravou 1min19s273 para assegurar a posição de honra neste sábado (11) com 1s216 de vantagem para Max Verstappen, que vai completar a primeira fila.

1s398 mais lento que o ponteiro, Carlos Sainz Jr. colocou a McLaren no terceiro posto, seguido por Valtteri Bottas e Esteban Ocon. Lando Norris fez o sexto tempo, mas tem uma punição e vai sair em nono, atrás de Alexander Albon, Pierre Gasly e Daniel Ricciardo. 2s378 atrás de Hamilton, Sebastian Vettel aparece como a melhor Ferrari, apenas em décimo.

Hamilton faturou a pole em um treino de muita chuva (Foto: AFP)
Paddockast #69 | Papo com Felipe Drugovich
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

Charles Leclerc cravou 1min19s628 em sua melhor volta e acabou eliminado no Q2. Assim, o monegasco vai largar em 11º, seguido por George Russell, Lance Stroll, Daniil Kvyat e Kevin Magnussen.

Com 1min21s372, Kimi Räikkönen foi o primeiro dos eliminados ainda no Q1 e vai largara apenas em 16º, à frente de Sergio Pérez. O mexicano não conseguiu avançar por conta de um erro em sua última volta. Nicholas Latifi vai sair em 18º, à frente de Antonio Giovinazzi e de Romain Grosjean.

Confira das declarações dos pilotos:

Lewis Hamilton, pole: Hamilton diz que ficou com “coração na boca” na classificação e prevê GP “mais equilibrado”

Max Verstappen, segundo: Verstappen lamenta “visibilidade horrível”, mas vê Red Bull “com boa chance” no seco

Carlos Sainz Jr., terceiro: 3º, Sainz vibra com melhor posição de grid na “classificação mais difícil que já tive”

Valtteri Bottas, quarto: Bottas culpa superaquecimento dos freios por 4º no grid do GP da Estíria: “Decepcionado”

Esteban Ocon, quinto: Novato na Renault, Ocon festeja por entregar “ótima” classificação na chuva

Alexander Albon, sexto: “Do meu lado, deveria ter sido melhor. Foi um erro meu, escapei na última volta. Como a pista estava melhorando e ficando mais rápida, acho que poderia ter ficado em terceiro. Creio que fiquei um pouco mais feliz com o equilíbrio do carro no fim de semana passado, então temos algum trabalho para fazer nesta noite. Olhando para amanhã, nosso ritmo é forte, como vimos no fim de semana passado, então vamos ver o que dá para buscar. Teremos de ser inteligentes com a estratégia, já que todos sabem o que esperar para a corrida de amanhã por causa do domingo passando, então vamos ver o que podemos fazer.”

Pierre Gasly, sétimo: “Estou muito feliz hoje. Foi meu primeiro Q3 do ano e é apenas a segunda corrida da temporada! Foi bem divertido andar nessas condições. Foi difícil, mas muito legal e creio que otimizamos nossas chances. É uma pena que a bandeira amarela tenha vindo na última volta, porque acho que terminaria 0s2 ou 0s3 mais rápido. Talvez pudéssemos terminar em quinto. De qualquer forma, podemos ficar felizes com o resultado de hoje e largaremos uma posição acima no grid, em sétimo, por causa da punição do Norris. Amanhã as condições serão totalmente diferentes, mas estamos prontos para lutar e marcar pontos.”

Daniel Ricciardo, oitavo: “Estou feliz que consegui classificar o carro no fim das contas [após a batida da sexta] e certamente vamos aceitar nosso resultado após o que aconteceu ontem. Estava um pouco abaixo no Q3, provavelmente caímos um pouco, mas é ótimo para a equipe ter os dois carros no top-10. Parece que vamos ganhar uma posição com a punição de Lando, então não é muito ruim. Novamente quero agradecer aos mecânicos por consertarem o carro durante a noite e em tempo para a classificação. Amanhã vai ser divertido. A temperatura será o oposto de hoje, então vamos ver o que acontece.”

Lando Norris, nono: Ainda com dor nas costas, Norris avalia classificação como “complicada e divertida”

Sebastian Vettel, décimo: “Sessão difícil”: Vettel relata dificuldade para fazer pneus funcionarem na classificação

Charles Leclerc, 11º: Eliminado no Q2, Leclerc resume classificação na Áustria: “Não fomos rápidos o bastante”

George Russell, 12º: Perto do Q3 e 0s1 atrás da Ferrari com Williams, Russell comemora: “É inacreditável”

Lance Stroll, 13º: “Fomos competitivos no Q1 e no Q2, mas perdemos aderência no momento crucial do Q2 e perdemos o Q3. Precisamos procurar a causa disse esta noite e garantir que vamos voltar mais fortes amanhã na corrida. Sabemos que temos um bom carro nos eco, então podemos mirar em recuperar algumas posições amanhã e atingir a meta de pontuar.”

Daniil Kvyat, 14º: “Fomos bastante competitivos no Q1 e no Q2, mas perdemos aderência no momento crucial do Q2 e passamos perto de ir ao Q3. Precisamos avaliar as causas disso durante a noite para termos certeza de que voltaremos mais fortes amanhã, na corrida. Sabemos que o carro é bom na pista seca, então a meta tem que ser ganhar posições amanhã e marcar pontos.”

Kevin Magnussen, 15º: “Foi divertido e estou feliz por terem nos deixado classificar nessas condições. Tinha um pouco de aquaplanagem aqui e ali, mas não foi um grande problema. Estou feliz por termos classificado hoje. Para nós, a 15ª colocação não é uma posição de largada fantástica, mas acho que é o melhor que podíamos fazer, então estou bem feliz com isso. Vamos lutar forte amanhã para tentar entrar no top-10.”

Kimi Räikkönen, 16º: “É decepcionante sair no Q1, porque tínhamos velocidade decente hoje, muito melhor que semana passada, mas no fim não deu para contabilizar. Tínhamos potencial de um bom resultado, os tempos estavam bons. Eu dei algumas voltas boas no começo do treino, mas pegue tráfego, o que foi azar. Fiquei com tudo por disputar na última volta e estava melhorando, mas veio a bandeira vermelha e não pude terminar a volta. Foi uma oportunidade perdida, mas vamos tentar ganhar posições amanhã. As condições devem ser diferentes, o dia será outro: vamos começar daí e fazer nosso melhor.”

Sergio Pérez, 17º: “É uma grande pena classificar em 17º, pois mostramos que temos um bom potencial neste fim de semana. É difícil fazer o pneu de pista molhada alcançar a temperatura, mas eu estava fazendo uma boa volta no fim do Q1 quando veio a bandeira vermelha que me impediu de melhorar. Vamos aprender com isso, analisar os dados e tomara que entender a razão de não termos maximizado nosso potencial hoje. É sempre desafiador recuperar posições, mas temos um bom carro e mostramos no passado que podemos recuperar. Amanhã é um novo dia e a meta é pontuar.”

Nicholas Latifi, 18º: “As condições estavam complicadas, mas fiquei surpreso com o quão confortável me senti na primeira sessão de chuva que tive a permissão de acelerar totalmente. Fiquei decepcionado porque dava facilmente para passar ao Q2. Meu ritmo com o primeiro jogo de pneus era de top-15, mas não consegui uma volta limpa com o segundo jogo. Todas as voltas tinham tráfego ou uma bandeira amarela, depois vermelha. Creio que tínhamos muito mais a dar, então estou um pouco frustrado.”

Antonio Giovinazzi, 19º: “”Foi um treino difícil, ainda que no começo da sessão estivéssemos bem fortes. Precisávamos de algo especial na volta final, eu tentei acelerar o máximo possível para entrar no top-15, mas infelizmente acertei a zebra da penúltima curva, perdi a traseira e foi isso. É uma pena, porque estava melhorando o tempo em quase 1s e creio que passaria ao Q2. Amanhã talvez esteja seco, as condições serão inteiramente diferentes. Vamos largar do fim, com semana passada, e assim como na corrida passada tentaremos fazer com que as coisas funcionem. Sabemos que temos o ritmo para recuperar, não desistiremos.”

Romain Grosjean, 20º: “Nós tivemos um problema com a bomba de água do ERS ― não estava funcionando, então não recuperamos nenhuma energia na volta de saída que fiz. Então nem sequer conseguimos fazer uma volta. É uma pena, já que perdi uma oportunidade.”

O GRANDE PRÊMIO transmite ao vivo e em tempo real todas as atividades do GP da Estíria, segunda etapa do campeonato da Fórmula 1 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube