Confira declarações dos pilotos após classificação do GP dos EUA, 18ª etapa da temporada 2018 da F1

Lewis Hamilton deu mais um passo para chegar ao pentacampeonato mundial de F1. Com a pole-position e Sebastian Vettel no quinto lugar, Hamilton tem a oportunidade de fechar a disputa caso Valtteri Bottas segure Vettel. O domingo em Austin tem tudo para ficar registrado na história

O treino classificatório para o GP dos Estados Unidos, no começo da noite deste sábado (20), terminou com Lewis Hamilton mais uma vez na pole-position – a 81ª da carreira – e se aproximou um pouco mais do quinto título mundial de F1. A Ferrari mostrou bravura, mas não tinha ritmo o suficiente.
 
Sebastian Vettel ficou somente 0s061 atrás de Hamilton, mas como está punido e perdeu três colocações, larga apenas no quinto posto. Kimi Räikkönen sai em segundo e é seguido por Valtteri Bottas e Daniel Ricciardo.
 
O sexto lugar é de Esteban Ocon. Nico Hülkenberg é o sétimo e terá Romain Grosjean ao lado na quarta fila. Charles Leclerc e Sergio Pérez fecham a primeira metade do grid.
 
A segunda parte do grid é aberta por Carlos Sainz Jr. Kevin Magnussen e Max Verstappen largam atrás, com Fernando Alonso colocando a McLaren no 14º lugar. Sergey Sirotkin, Lance Stroll, Marcus Ericsson, Stoffel Vandoorne, Pierre Gasly e Brendon Hartley fecham a fila. 
Sebastian Vettel e Lewis Hamilton (Foto: AFP)

A largada do GP dos Estados Unidos está marcada para as 15h10 (de Brasília) do domingo.



GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP dos Estados Unidos de F1 neste fim de semana com a repórter Evelyn Guimarães.



E o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br.
 

Confira as declarações:
 
 
 
 
 
Esteban Ocon (Foto: Racing Point Force India)

Esteban Ocon, sexto: "Estou muito feliz com a performance que tivemos hoje. É incrível estar em sexto no grid, ser o melhor do resto, mas foi uma classificação bem apertada. No Q3, minha volta foi bem forte e o carro esteve muito bem. A meta amanhã é seguir onde estamos e trazer pontos para casa. O nosso ritmo de corrida está meio desconhecido por causa do clima de ontem, mas acho que podemos ser competitivos."

 
Nico Hülkenberg, sétimo: "Estou satisfeito com a classificação tranquila que tivemos e com o potencial do carro. Sinceramente, foi bem difícil achar o balanço ideal do carro com esse vento, mas conseguimos fazer voltas quase limpas direto. Fizemos o que deu e tivemos bastante sucesso."
 
Romain Grosjean, oitavo: "Estou feliz por ter voltado ao Q3. Pena que o Kevin não conseguiu ir mais longe, acho que isso mostra que não somos os melhores do resto nas condições de pista de hoje. Espero um pouco mais para a corrida, estou bem ansioso para ela. A pista deve estar bem mais quente que hoje, isso fará grande diferença. Acho que estamos em uma posição muito boa e que temos um bom carro. É bom também ver o pelotão misturado com Force India e Renault, a disputa vai ser incrível."
 
Charles Leclerc, nono: "Estou satisfeito de como o dia andou. Terminar no Q3 é sempre ótimo, estou convencido que tiramos o máximo de nosso potencial, especialmente no Q2 e no Q3. Planejamos guiar apenas uma volta rápida no Q3 para ganhar vantagem na evolução da pista, mas começou a chover um pouco e nos atrapalhou. De qualquer forma, foi uma ótima classificação. Estou ansioso para a corrida."
 
Sergio Pérez, décimo:"Classificar em décimo é frustrante porque tínhamos potencial para bem mais. Minha primeira tentativa no Q1 foi muito boa, mas eu voltei com danos inexplicáveis na parte direita do carro e no assoalho. Tentamos arrumar, mas não deu para ajeitar totalmente. O carro começou a ficar diferente e o acerto foi embora. Sofri no Q2 e no Q3, Esteban mostrou que temos mais do que isso. Quero ganhar terreno amanhã, tenho carro para isso, preciso aproveitar as chances."
 
Carlos Sainz Jr., 11º: "Hoje foi um dia animador, a boa notícia é que voltamos para o bolo. Infelizmente, 0s2 nos tiraram do Q3. Eu apertei um botão errado e perdi 0s2 justamente na última curva. É frustrante porque o Q3 era bem alcançável. Os pontos saem amanhã e eu sigo otimista. Geralmente é uma corrida boa de passar, então estou confiante com o nosso potencial."
 
Kevin Magnussen, 12º: "Estava sofrendo bastante no terceiro setor, nas curvas de baixa. Tive instabilidade na traseira, atrapalhou um pouco. Minha volta foi ok. O 12º lugar não é satisfatório, mas podemos mexer com a estratégia amanhã e, tomara, entrar nos pontos. O pelotão do meio está bem próximo, então é coisa de 0s2 entre mim e o líder desse grupo. Hoje faltou, mas amanhã pode ser diferente. Teremos a vantagem de comandar a estratégia do jeito que acharmos melhor."
Kevin Magnussen (Foto: Beto Issa)

Max Verstappen, 13ºVerstappen lamenta quebra “esquisita” na classificação em Austin

 
 
Sergey Sirotkin, 15º: "Nós deveríamos estar felizes com o que conseguimos, principalmente pelas voltas que demos mais cedo. Acho que melhoramos bem nossa performance, mesmo não indo ao Q2. Podemos esperar coisas boas."
 
Lance Stroll, 16º: "Preciso ser honesto, perdi um pouco do carro no último setor. Poderia, talvez, ter buscado o Alonso, mas não faria Q2, mesmo estando apertado. O plano para amanhã é buscar toda e qualquer oportunidade na primeira volta, preciso aproveitar também as punições na minha frente e vamos ver o que rola."
 
Marcus Ericsson, 17º: "A classificação foi frustrante, eu estava feliz com minha volta. O carro parecia bom e eu guiei certinho, não sei o que aconteceu. No geral, estamos fortes no final de semana mesmo com as limitações para trabalhar na pista. A falta de simulação de corrida vai misturar tudo, então estará todo mundo junto sem saber bem o que esperar da corrida."
 
Stoffel Vandoorne, 18º: "Não foi uma ótima classificação. Hoje foi o primeiro dia seco do fim de semana – nós esperávamos alguma chuva, mas parece nunca chover no momento certo para a gente. Nos pneus, tivemos problemas com os ultramacios. Não estávamos confortáveis com o comportamento deles, estávamos mais rápidos de supermacios. Só tivemos o TL3 de atividade seca, mas não ficamos muito confortáveis, e isso continuou na classificação. O bom é que amanhã não precisamos desse pneu.
 
Vamos testar amanhã, sempre somos melhores nas corridas. Fomos razoáveis no ano passado, conseguimos ultrapassar, então vamos ver o que acontece no domingo e se recuperamos algumas corridas. Estou ansioso e espero me divertir."
 
Pierre Gasly, 19º: "O Q1 foi bem positivo, aproveitei bem a volta, consegui ser sétimo. Como largaremos do fundo do grid, nem fomos para o Q2, mas o motor novo foi um grande salto, o carro parece bem bom. Estou bem confortável em todas as sessões seja no molhado ou no seco. Não vai ser uma corrida fácil, cheia de carros para ultrapassar, mas a performance existe e vamos atrás do melhor possível."
 
Brendon Hartley, 20º: "Hoje não faria diferença a posição que tirássemos, vamos largar do fundo de qualquer jeito. De manhã ajeitamos bem o carro e pudemos o Q2 para treinar largadas. Espero que a gente aproveite oportunidades que surjam amanhã, temos ritmo para brigar."

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube