Confira declarações dos pilotos após dia 3 de testes de pré-temporada no Bahrein

Max Verstappen fez o tempo mais rápido da semana e colocou a Red Bull em evidência na pré-temporada da Fórmula 1 no Bahrein. Confira as melhores declarações de sábado

FÓRMULA 1 AO VIVO: O DIA 3 DA PRÉ-TEMPORADA NO BAHREIN | Briefing

A pré-temporada da Fórmula 1 no Bahrein se encerrou neste sábado (12). O atual campeão mundial, Max Verstappen, anotou o tempo mais rápido da semana com a marca de 1min31s720. Foram 53 voltas do holandês no circuito de Sakhir.

A segunda posição ficou com Mick Schumacher, da Haas, que aproveitou a “prorrogação” fornecida pela Fórmula 1 ao time como uma forma de compensar o atraso por problemas logísticos que impediu a participação do VF-22 na sessão da manhã de quinta-feira.

Mostrando força mais uma vez, a Ferrari apareceu no terceiro lugar com o monegasco Charles Leclerc, enquanto o bicampeão mundial Fernando Alonso, da Alpine, foi quarto. George Russell, de Mercedes, fechou o top-5, enquanto o companheiro de equipe Lewis Hamilton foi 17º.

Após os testes de pré-temporada, o campeonato de 2022 tem início com o GP do Bahrein, no circuito de Sakhir, no próximo dia 20.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Max Verstappen (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Confira as declarações deste sábado:

Max Verstappen, primeiro: Verstappen destaca atualizações do RB18 no Bahrein e crava: “Estamos mais rápidos”

Mick Schumacher, segundo: “Em resumo, não andamos o tanto que gostaríamos. É uma questão se somos rápidos ou não, e o que é positivo. Temos um bom carro, temos algo que podemos trabalhar, então todos podem estar felizes e orgulhosos de si mesmo porque alcançamos isso. Agora, temos de colocar na pista na hora que importa, que é na semana que vem. Estou ansioso para o que vem neste ano”.

Charles Leclerc, terceiro: Leclerc mantém cautela com pelotão “difícil de prever” após pré-temporada

Fernando Alonso, quarto: “Foi um bom dia de testes, dando sequência ao duro trabalho de Esteban ontem. Aprendemos muito com o carro e completamos muitas voltas, então estou bem feliz. Ainda estamos todos aprendendo sobre novos carros e acertos. Tentamos várias coisas com alguns resultados claros, e é isso que você quer dos testes. Foi produtivo, não sabemos o que os outros estão fazendo, que programas estão seguindo e o tanto de combustível que têm, e precisamos esperar até o próximo sábado para saber. Vamos focar em nós, e o nosso principal plano é chegar na próxima semana com 100% de esforço”.

George Russell, quinto: “Foram dias produtivos e muito intrigantes ao mesmo tempo, com muito a aprender sobre os carros de 2022 e os pneus. Passamos pelo nosso programa com poucos problemas de confiabilidade, e isso é bom. Tentamos alcançar o máximo de performance do carro e alcançar os limites, e quando você faz isso, balança bastante. Não é o mais confortável, mas não ligo para conforto desde que performance esteja ali. No momento, parecemos atrás dos nossos rivais e temos muito trabalho a fazer entre agora e a próxima semana para entender melhor o carro. Existe muito potencial no W13 e acho que nosso time vai trabalhar fundo para desbloquear a nossa performance. O quique afeta a nossa habilidade de colocar o carro na janela correta, e o time está trabalhando duro para encontrar soluções. É um longo jogo e acredito que nossa performance está aqui, precisamos apenas encontrar”.

Valtteri Bottas, sexto: “Um dia muito positivo até o problema que nos parou no fim do dia. Aprendemos muito mais no Bahrein do que em Barcelona, existem alguns problemas para resolvermos, mas posso dizer que o carro tem potencial e, ao fim do dia, estava realmente gostando. Precisamos ter certeza que vamos resolver os problemas e que eles não aconteçam de novo, mas estou confiante que vamos tirar os próximos dias para isso. Vendo nossa performance, aprendemos muito sobre nosso carro e vamos seguir aprendendo na próxima semana. Estou pronto, e como time, estamos prontos, e mal espero para correr”.

Yuki Tsunoda, sétimo: “Fizemos um bom progresso como time nesta semana. Estou feliz com o jeito que o teste aconteceu e juntamos muitos dados importantes. Entretanto, não estou feliz com a minha volta de pneus macios, acho que tinha muito mais potencial, mas não consegui. Ainda preciso melhorar em algumas coisas, e o carro também, mas no geral, foram bons dias de testes. Não pilotei muito próximo de outros carros, mas pelo que senti até aqui, o ar sujo reduziu bastante comparado ao ano passado, então é mais fácil de perseguir, e gostei. Tenho um bom nível de confiança indo para a primeira corrida, é diferente do ano passado, já que tenho mais experiência e foquei mais no desenvolvimento do carro com o time. Não sei exatamente a posição que estamos, mas temos alguns dias de trabalho antes do GP do Bahrein. Temos uma boa equipe e vou permanecer focado antes da primeira corrida”.

Sergio Pérez, oitavo: “Esta manhã foi boa. Aprendemos muito neste período de testes e acho que temos mais a aprender. Existem muitas áreas para melhorar e chegar ao melhor pacote de performance possível. No geral, tivemos um dia positivo e agora estou apenas ansioso para o próximo fim de semana”.

Lando Norris, nono: “Um bom dia final. Terminamos com alguns pontos positivos e muito mais voltas. O time fez bom progresso com os problemas que tivemos, ainda há melhorias a serem feitas para competirmos na próxima semana. Temos um melhor entendimento do carro, vamos tentar implementar tudo isso na próxima semana, e melhorar tudo na primeira corrida. Três dias duros, não era o que queríamos, mas bons o suficiente. Aprendemos muito e aproveitamos o máximo, que é a parte mais importante”

Guanyu Zhou, 11º: “Me sinto bem por terminar a pré-temporada com um dia forte. Acho que demos outro passo à frente, é bom ver o constante progresso do time a cada dia e ter a chance de stints longos em um dia que tudo ocorreu bem. Foi meu dia mais cheio no carro, e consegui passar pelos procedimentos que vamos utilizar na corrida. Tenho muito a rever pela noite, mas posso estar satisfeito com o trabalho feito na pré-temporada. O time fez um grande trabalho me fazendo sentir bem e me dando ferramentas para me preparar apropriadamente. Me sinto totalmente preparado para o começo da temporada”.

Pierre Gasly, 12º: “É bom voltar ao clima bom no Bahrein. Tivemos um teste suave da nossa parte, completamos todo o programa que planejamentos aos três dias. Tínhamos muitas interrogações chegando aqui, e já arranjamos algumas respostas. Ainda acho que precisamos sentar por alguns dias e revisar os dados que coletamos para montar o quebra-cabeça, e aí podemos ter o melhor carro possível para o fim de semana que vem. Obviamente, é um novo carro, então existem coisas novas a aprender, eu diria que ainda temos áreas a melhorar para a temporada, mas é parte do jogo quando você tem uma grande mudança na F1. Temos uma breve ideia de onde estamos no pelotão intermediário, mas não saberemos onde estamos até o fim de semana que vem. Foi legal ter batalhas com Lewis, ultrapassamos um ao outro algumas vezes. Perseguição parece ter melhorado em comparação ao carro anterior, então esse é o ponto positivo para a próxima temporada. Correr deve ser bem legal neste ano”.

Carlos Sainz, 13º: Leclerc mantém cautela com pelotão “difícil de prever” após pré-temporada

Alexander Albon, 14º: “A pré-temporada acabou, e na próxima vez que estivermos na pista, será um fim de semana de corrida. Conseguimos boa quilometragem ao longo do teste, e sinto que riscamos muitas coisas, apesar de perder tempo na sexta. Em termos de performance, acho que existe mais a vir de nós, e estou empolgado para seguir acelerando na próxima semana e ao longo da temporada. No geral, foi um teste positivo e incrivelmente valioso, e o time fez um grande trabalho, especialmente em circunstâncias desafiadoras”

Nicholas Latifi, 15º: “Teve muito trabalho em equipe dia e noite para consertar o carro, e todos os engenheiros se juntaram para nos colocar na melhor posição para maximizar o terceiro dia. Fizemos um bom trabalho, aprendemos muito e fizemos várias voltas. O melhor para mim foi tentar compensar a quilometragem perdida de ontem, e agora temos muitos dados para analisar e ver como podemos encontrar a melhor forma possível para a primeira corrida”

Lewis Hamilton, 17º: Hamilton Mercedescom obstáculos a superar” após testes da F1 no Bahrein

Kevin Magnussen, 18º: “O carro teve alguns problemas e a confiabilidade é a principal coisa que vamos trabalhar para durar toda a corrida, é o nosso maior trabalho. Em termos de performance, temos uma pequena ideia. Vimos boas tendências no carro, e veremos na semana que vem onde estamos, mas o sentimento é bom”.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar