Confira declarações dos pilotos após sábado de classificação para GP da Alemanha, 12ª etapa do Mundial 2016 de F1

Nico Rosberg está empenhado em sair para as férias novamente na liderança do campeonato. Neste sábado (30), após liderar todos os treinos livres em Hockenheim, o alemão ainda conquistou a pole-position para o GP da Alemanha, com Lewis Hamilton largando em segundo e Daniel Ricciardo em terceiro

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Nico Rosberg mostrou estar empenhado na tarefa de recuperar a liderança da temporada 2016. Neste sábado (30), após liderar todos os treinos livres para o GP da Alemanha, o piloto ainda conquistou a pole-position para a prova deste domingo.

 
Quem largará na segunda colocação é seu companheiro de equipe Lewis Hamilton, que se classificou com 0s107 de desvantagem. Os titular da Red Bull, Daniel Ricciardo e Max Verstappen é quem fecham a segunda fila.
 
Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel, dupla da Ferrari, ficaram com o quinto e sexto postos, respectivamente. Valtteri Bottas aparece em sétimo, com Nico Hülkenberg, que recebeu uma punição por usar pneus errados no classificatório, em oitavo. Sergio Pérez e Felipe Massa fecham o top-10.
Nico Rosberg aperta mão de Lewis Hamilton a conquista da pole para o GP da Alemanha (Foto: Getty Images)
Esteban Gutiérrez, da Haas, é o 11º do grid de largada, seguido de perto por Jenson Button, Fernando Alonso, Jolyon Palmer e Kevin Magnussen. Carlos Sainz Jr foi outro punido e, após perder três posições, sai apenas em 16º.
 
Aparecendo em 17º vem Pascal Wehrlein, com Daniil Kvyat e Rio Haryanto logo em seguida. Fechando a classe dos punidos, Romain Grosjean larga apenas em 20º, com a dupla da Sauber, Felipe Nasr e Marcus Ericsson, encerrando o grid.
 
Confira declarações dos pilotos: 
WILLIAMS
 
Valtteri Bottas, sétimo: “Foi uma classificação bastante consistente para nós como equipe. Foi uma sessão bastante próxima, como esperado, mas o equilíbrio do carro estava bom e conseguimos fazer com que os pneus trabalhassem bem. Estamos perdendo um pouco de aderência comparado com nossos adversários, então acredito que tiramos o máximo do carro hoje. Tive um pouco de tráfego no último setor no Q3 o que me custou algum tempo, então eu poderia ser sétimo, mas fora isso estou bastante satisfeito com minha classificação hoje”.
 
FORCE INDIA
 
Nico Hülkenberg, oitavo: “Estou me sentindo muito feliz com a classificação em minha casa, é o melhor do resto atrás das três melhores equipes e um grande esforço da equipe inteira. Nosso objetivo é sempre maximizar nosso potencial e sinto que alcançamos isso hoje. A maior parte de minhas voltas nesta sessão foram boas e meu esforço final no Q3 foi certo. Podemos esperar uma boa briga por pontos amanhã, mas estamos em uma boa posição de largada e parecemos fortes em todos os treinos. As simulações de corrida mostram um bom ritmo, então temos uma boa chance de conquistar um bom resultado na corrida, mas vamos ver o que acontecerá.
 
Sergio Pérez, nono: “Foi uma briga intensa e divertida com Nico e as duas Williams na classificação, e no final ficou bem próximo entre nós quatro. Foi crucial passar pelo Q1 com um jogo de pneus, pois as outras equipes usaram dois e isso nos deu uma pequena vantagem no Q2, o que nos ajudou a ir ao top-10. No Q3 acabei sofrendo um pouco nas curvas para a direita, acredito que foi algo na minha asa dianteira, e isso me custou algum tempo. É algo que terei que analisar com o time. Amanhã será interessante, iremos largar com os supermacios, e precisaremos trabalhar bem como equipe para fazer a estratégia funcionar e conseguirmos conquistar alguns pontos”.
Sergio Pérez (Foto: Getty Images)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

HAAS
 

Esteban Gutiérrez, 11º: “Foi uma classificação interessante. Eu estava indo ao limite e queria passar ao Q3. Assumi todos os riscos possíveis e aproveitei bastante. Estou feliz em como trabalhamos como equipe. Isso prova que de sexta-feira para sábado somos capazes de fazer bom progresso e isso me dá muita confiança. Estou muito orgulhoso de todos. 11º é uma ótima posição para largar. Amanhã darei tudo para ter uma boa saída e brigar com os caras da frente para terminar no top-10”.
 
Romain Grosjean, 20º: “Não tem sido um bom fim de semana até agora. Tivemos nossos problemas e não consegui ir bem na classificação também. Os rapazes na garagem fizeram um trabalho incrível em conseguir deixar o carro pronto para a classificação após o problema na caixa de câmbio. Me sentia mais confortável no carro e senti que tinha uma boa chance. Infelizmente, a última volta no Q2 não foi boa, não sei o que aconteceu, não havia aderência. É complicado achar o equilíbrio certo. Tínhamos uma boa velocidade, e espero que isso ajude a termos uma boa corrida”.
 
MCLAREN
 
Jenson Button, 12º: “Esse fim de semana tem sido bastante complicado para mim. Perdi tempo no carro, o que não torna a preparação mais fácil, e este é um circuito difícil se você não tem quilometragem. Tive alguns problemas ontem, tive que deixar o treino mais cedo por causa do meu olho, e então, nesta manhã, tivemos alguns problemas, então não corremos com o supermacio no terceiro treino livre. Ainda, largar em 12º é bom, e é sempre bom estar na frente de seu companheiro de equipe, mas ainda não estamos onde gostaríamos em termos de equilíbrio do carro. Mesmo que tudo esteja certo e conseguimos superar as Williams, chegar no top-10 é sempre difícil. Existe a possibilidade de que consigamos chegar nos pontos amanhã. A corrida deve ser bastante interessante, a largada e a estratégia serão importantes, então estou ansioso pelo que posso fazer”.
 
Fernando Alonso, 13º: “É um pouco decepcionante não ir ao Q3 hoje, 14º não é ótimo, mas não somos tão competitivos neste traçado como somos em Budapeste. Nesta tarde não consegui fazer boas voltas, pois tive algum tráfego, e por isso não terminei um pouco melhor. Ainda, as longas retas e zonas de aceleração de Hockenheim não combinam com nosso carro. Pelo lado positivo, temos muitos pneus novos, o que irá nos dar uma vantagem na largada de amanhã e que irá nos permitir sermos um pouco mais criativos na estratégia. Será difícil amanhã, mas espero que possamos recuperar algumas posições, pois os pontos são uma possibilidade real”.
Fernando Alonso durante a classificação para o GP da Alemanha (Foto: Getty Images)
RENAULT
 
Jolyon Palmer, 14º: “É tão bom estar de volta ao Q2. O carro está melhorando muito, em claro progresso. Ficamos próximos de passar em Silverstone, também na Hungria, e agora estamos aqui em Hockenheim. Estou ansioso para a corrida. Estava muito bem na Hungria, e se conseguir repetir aqui na Alemanha tenho chances de pontos”.
 
Kevin Magnussen, 15º: “Minha volta não foi a melhor e acabei perdendo por pouco o Q2. Ambos os carros estão bastante parecidos, então por isso foi Jolyon quem subiu hoje. Não conseguimos extrair mais ritmo entre o último treino livre e a classificação como nossos adversários, mas nosso desempenho durante as simulações de corrida parecem mais favoráveis, e é isso que precisamos para um bom resultado amanhã”.
 
TORO ROSSO
 
Carlos Sainz Jr,16º : “Uma classificação bastante difícil. Estamos sofrendo aqui em Hockenheim, sempre soubemos que circuitos como esse seriam um desafio para nós, já que não somos velozes o bastante nas retas. Com isso, acredito que encaixei uma boa volta. Me sinto bem no carro e nosso pacote funciona bem, mas isso é o máximo que pude extrair do carro hoje. Amanhã lutaremos por mais pontos, com certeza não será fácil, mas tenho certeza que daremos nosso melhor e tudo é possível. Seria bom ir para as férias com mais alguns pontos no bolso”.
Carlos Sainz Jr. (Foto: Getty Images)

MANOR

 
Pascal Wehrlein, 17º: “Ficamos muito próximos do Q2 hoje, mas estou feliz com nossa classificação, pois conseguimos ficar na frente das Toro Rosso, o que é positivo. A equipe fez um ótimo trabalho, meu obrigado a todos. Continuamos melhorando durante o final de semana, então espero que consigamos fazer um trabalho ainda melhor na corrida amanhã. Conseguimos fazer algo do 18º posto e com certeza tentarei ter outra boa largada para conseguir algumas posições”.
 
Rio Haryanto, 19º: “Estou muito feliz. Conseguimos melhorar cada vez que saíamos da garagem hoje. Estamos muito próximos do pelotão. Acredito que fizemos um bom trabalho no geral e sinto que demos alguns passos adiante aqui. Também fizemos algum progresso recentemente e acredito que estamos vendo alguns dos resultados. Fizemos um bom trabalho em ficar na frente da Sauber e estou em uma melhor posição para a largada. Nosso ritmo de corrida parece bom, então espero que tenhamos uma prova forte”.
 
SAUBER
 
Marcus Ericsson, 22º: “É decepcionante largar da última fila amanhã. Parecia um final de semana positivo, pois estávamos na direção certa e também tivemos alguns resultados positivos com a nova asa traseira. Em termos de equilíbrio do carro, me senti confortável. Mas na classificação, especialmente, nosso desempenho não foi bom o suficiente. Será uma corrida difícil, mas, como sempre, faremos o que for possível”.

PADDOCK GP #39 DEBATE F1 E MOTOGP COM CONVIDADO ALEX BARROS

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube