Confira declarações dos pilotos após segundo dia de teste para novatos em Abu Dhabi

Antonio Félix da Costa, da Red Bull, foi o melhor colocado no dia. Quinto colocado na temporada do DTM , Edoardo Mortara ficou com a terceira colocação, à frente de Esteban Gutiérrez, da Sauber

O domínio da McLaren foi quebrado em Abu Dhabi e, nesta quarta-feira (07), Antonio Félix da Costa liderou o segundo dia de testes para novatos, que não conta com a presença da Ferrari, que já realizou suas atividades em setembro, no circuito de Magny-Cours, na França.

A terceira posição ficou com Edoardo Mortara, da Lotus. Estreante em testes, o piloto comemorou muito a oportunidade dada pela equipe chefiada por Eric Boullier e contou que, pela diferença entre as categorias, levou um tempo para adaptar-se ao carro, mas gostou muito do dia como um todo.

Cotado para assumir a vaga de Kamui Kobayashi na Sauber, Esteban Gutiérrez testou o carro pela equipe suíça e acabou na quarta colocação, e afirmou estar mais confiante pata explorar o potencial do carro durante o dia. Ele segue no comando do carro por mais um dia.

Na vaga de Luiz Razia, o venezuelano Johnny Cecotto Jr. Acabou o dia com o sexto tempo, à frente apenas de Giedo van der Garde, sétimo e último colocado, que pilotou o carro da Caterham.

A McLaren, mais uma vez, não divulgou as impressões dos pilotos sobre o dia de testes.

Edoardo Mortara comemorou sua primeira chance em um teste na F1 (Foto: Red Bull/Getty Images)

Lotus

Edoardo Mortara, terceiro: “Eu tive um dia maravilhoso e sou muito grato a todos na Lotus por me dar esta oportunidade. Ao mesmo tempo, foi muito difícil. Eu vim de um carro que é muito mais lento e as primeiras voltas foram impressionante. Eu melhorei gradualmente ao longo do dia e achei meu progresso muito bom. Toda vez que estava na pista, sentia que estava um pouco melhor. Eu completei todo o programa estipulado pela equipe e foi gratificante contribuir para sua temporada. Foi um dos melhores dias da minha vida.”  

Sauber

Esteban Gutiérez, quarto: “A sessão da manhã foi muito interessante, porque testamos um monte de coisas diferentes e espero ter dado um feedback preciso aos engenheiros. Depois de estar com o carro na Índia, me sinto mais confiante em lidar com tudo, como o Kers e o DRS. Na sessão da manhã, usei apenas os pneus duros, mas, na parte da tarde, coloquei os macios. Achei um pouco complicado o último setor da pista, especialmente a curva 20. Eu não tinha confiança para andar rápido lá.”

Toro Rosso

Johnny Cecotto Jr., sexto: “Em primeiro lugar, eu quero agradecer a Toro Rosso por ter me dado essa oportunidade. É ótimo estar de volta a um carro de F1 depois de ter testado aqui em Abu Dhabi, no ano passado, e acumular mais alguma quilometragem. O dia foi muito bom, e eu aproveitei trabalhar com a equipe. O nível de profissionalismo, o número de sistemas no carro e a quantidade de pessoas trabalhando sempre me impressionam. Também foi muito bom testar com o motor Ferrari, um nome que é um pedaço da história.”

Giedo van der Garde vem participando dos testes da Caterham durante o ano (Foto: Caterham)

Caterham

Giedo van der Garde, sétimo: “Foram dois dias muito bons aqui em Abu Dhabi, e eu quero agradecer a equipe pela oportunidade de pilotar no treino dos novatos ontem e hoje. Hoje nós completamos muito mais voltas que no primeiro dia. Passamos a manhã avaliando a aerodinâmica, correndo com diferentes acertos, o que nos dá muitos dados para analisarmos antes das duas últimas corridas do campeonato. Durante a tarde, passamos a fazer longas sequências de voltas para ver o desgaste dos pneus e como o carro se comporta com diferentes quantidades de combustível, então estou satisfeito com o progresso que fizemos.”

“Já no fim da sessão, colocamos o pneu macio e eu pude completar algumas voltas parecidas com o desempenho que temos no terceiro treino livre. O carro tinha mais combustível que em um treino classificatório, mas eu estou muito feliz com a maneira como terminamos. O próximo compromisso é o primeiro treino no GP do Brasil, outra pista que será nova para mim, mas com o que fiz nesta pista e nos outros treinos, acho que será uma boa sessão. Eu não vou participar do treino em Austin, já que meus companheiros de equipe precisam do maior tempo de pista possível, mas serei o piloto reserva por lá e estou muito ansioso para isso. Será uma grande semana, com certeza.”

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube