F1

Confira declarações dos pilotos após segundo dia de testes coletivos da F1 no Bahrein

Livre da Williams por um dia, George Russell foi muito bem no último dia de testes da F1 no Bahrein. O atual campeão da F2 liderou o dia seguido por Sergio Pérez. Fernando Alonso, Pietro Fittipaldi e Mick Schumacher (agora pela Alfa Romeo) voltaram à pista

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
George Russell teve um alívio para uma temporada que começa sofrida e dificilmente vai se livrar dessa toada. Nesta quarta-feira (3), segundo dia de testes coletivos no Bahrein, o inglês recebeu o volante da Mercedes. E foi o necessário para mostrar que pode ser muito rápido. Além de 103 voltas, cravou 1min29s029 e liderou.
 
Sergio Pérez colocou a Racing Point num segundo lugar surpreendente após dias difíceis na pista de Sakhir. Sebastian Vettel, Carlos Sainz Jr., Daniil Kvyat e Mick Schumacher - agora pela Alfa Romeo - vieram na sequência. O sétimo colocado foi Alexander Albon, que deu incríveis 143 voltas. Somadas às 111 de Kvyat, colocaram a equipe italiana em larga vantagem como equipe que mais andou no dia: 254 contra 222 da McLaren.
 
Lance Stroll, Dan Ticktum - pela Red Bull -, Romain Grosjean, Fernando Alonso - novamente com a McLaren na pista -, Lando Norris, Jack Aitken - pela Renault - e Nicholas Latifi - pela Williams - fecharam o pelotão.
George Russell (Foto: Mercedes)
Confira as declarações:

George Russell, primeiro: Líder pela Mercedes em teste, Russell destaca lições com novo carro: “Posso usar para melhorar a pilotagem”
 
 
Carlos Sainz Jr, quarto: "Sem chuva no deserto significou que pudemos aproveitar um dia normal de testes hoje. Na manhã, completei um bom programa de testes dos compostos da Pirelli. Mudei para o carro da McLaren na tarde para a última hora do teste e completei o que perdi ontem por conta da chuva. No geral, diria que foi um teste produtivo e positivo para nós. Conseguimos juntar dados valiosos para avaliar na fábrica. Agora, alguns dias para recarregar as baterias e estaremos de volta para o GP da China na semana que vem"
 
Mick Schumacher (Foto: Alfa Romeo)
Alexander Albon, sétimo: "Tivemos um segundo dia muito produtivo aqui no Bahrein após perder algumas horas por conta da chuva de ontem. Fizemos mais testes aerodinâmicos e aprendemos mais sobre os pneus. Encontramos coisas interessantes durante o testes e pontos positivos que vamos levar. Tenho certeza que aplicaremos os resultados que aprendemos no Bahrein durante a temporada, tudo foi muito bem hoje. Consegui mais quilometragem no meu currículo e estou me sentindo melhor pilotando o carro. Foi um dia bem cheio, mas me senti bem no final ao ser o piloto que mais completou voltas".
 
Dan Ticktum, nono: "Aprendi muito hoje e a minha primeira vez em um carro moderno da F1 foi um grande passo. Acho que o maior aprendizado foi conhecer os procedimentos. Tem muitas configurações para usar, muito a se fazer no volante, até em uma volta rápida, o que não é o caso na Junior Fórmula. Foi muita coisa no começo, mas aprendi bem rápido. Também foi bem interessante ter uma garagem cheia de pessoas, traz uma responsabilidade grande para o piloto entregar resultado, não só pra ele, mas para os engenheiros e o time inteiro. Acho que conseguimos juntar bastante dados hoje, o que obviamente é a parte mais importante do teste. Fizemos longos stints e tive uma boa oportunidade de entender como todos estes pneus funcionam. Diria que o teste foi bom hoje".
 
Romain Grosjean, décimo: "Foi uma boa tarde. Passamos por vários itens de teste, obviamente tentando entender o nosso ritmo durante o fim de semana. Acho que fizemos progresso. Agora temos bastante dados para olhar e preparar para a China. No geral, acho que foi uma tarde muito boa para nós".
 
Fernando Alonso, 11º: "Foi positivo estar de volta no carro nos últimos dois dias. Espero que tenha conseguido ajudar o time e a Pireli com o desenvolvimento dos pneus, conseguindo quase 70 voltas em cada dia. Sempre é legal estar ativo em um carro de Fórmula 1, com a experiência de evoluir o carro e os pneus. Então, tudo foi muito positivo e estou feliz".
 
Pietro Fittipaldi (Foto: Haas/Twitter)
Lando Norris, 13º: "Foi um teste positivo, e como time, conseguimos muitos dados meus, do Carlos e do Fernando. Hoje foi muito construtivo, passei pelos programas planejados e dei um bom número de voltas. Espero que possamos colocar em bom uso o que aprendemos nos últimos dias, para poder maximizar nossas performances nas próximas corridas"
 
Jack Aitken, 14º: "Sempre é um prazer pilotar um carro de F1, e foi ótimo pilotar o carro deste ano. Foi legal ver áreas que mudamos em comparação ao R.S. 18. Completamos 100 voltas hoje, então, muita quilometragem e dados para o time analisar antes da China. Sou grato à Renault pela oportunidade e estou animado para voltar para o simulador em Enstone para correlacionar todo o trabalho de hoje".
 
Nicholas Latifi, 15º: "Hoje foi um bom dia, no qual aproveitei bastante. Era pra eu ter pilotado o carro durante a pré-temporada em Barcelona, então, esta foi a minha primeira vez com o time na pista, fiquei muito animado de ganhar a chance. Fiz bastante preparação no simulador antes disso, então, me senti bem preparado e sabia o que esperar do carro. Quando comecei a acelerar, senti que consegui acompanhar a velocidade. Para mim, tudo foi bem, e fiquei feliz de ter minha primeira oportunidade com o FW42".

Sérgio Perez, 2º, Daniil Kvyat, 6º, e Lance Stroll, 8º, não tiveram declarações divulgadas pelas equipes Racing Point e Toro Rosso.