Confira declarações dos pilotos após sexta-feira de treinos para GP da Toscana 2020

Valtteri Bottas, da Mercedes, marcou 1min16s989 para fechar a sexta-feira como o mais rápido em Mugello, seguido por Lewis Hamilton e Max Verstappen. A Ferrari, que disputa a 1000ª corrida na Fórmula 1, foi apenas discreta nos treinos livres

Valtteri Bottas, da Mercedes, dominou os treinos livres de sexta-feira na primeira aparição da Fórmula 1 em Mugello. O finlandês foi o mais rápido, com 1min16s989, dois décimos mais rápido que Lewis Hamilton, seu companheiro de equipe.

Max Verstappen foi o terceiro mais rápido nos treinos para o GP da Toscana, com Alexander Albon — o outro piloto da Red Bull — ficou em quarto. Na sequência, apareceu a dupla da Renault, com Daniel Ricciardo e Esteban Ocon, respectivamente.

Sergio Pérez foi o sétimo mais rápido, mesmo com a barbeiragem feita no TL2 que gerou punição para a classificação deste sábado. Pierre Gasly, vencedor do GP da Itália, ficou em oitavo.

Kimi Räikkönen foi o nono mais veloz do dia. No 1000º GP da Ferrari, a escuderia foi discreto: Charles Leclerc ficou em décimo e Sebastian Vettel foi apenas o 12º colocado nesta sexta-feira — mas 1s509 atrás de Bottas.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A Fórmula 1 retoma os trabalhos neste sábado em Mugello a partir de 7h (de Brasília) para o terceiro treino livre do GP da Toscana. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Alguns poucos espectadores acompanharam os treinos livres em Mugello (Foto: Renault)

Confira as declarações dos pilotos após os treinos livres do GP da Toscana:

Valtteri Bottas, primeiro: Bottas aprova “pista legal e divertida” de Mugello, mas alerta para desafio físico

Lewis Hamilton, segundo: Atrás de Bottas, Hamilton confirma dificuldades em Mugello: “Não sou tão bom ainda”

Max Verstappen, terceiro: Red Bull está perto da Mercedes em “inacreditável” Mugello, analisa Verstappen

Alexander Albon, quarto: Red Bull está perto da Mercedes em “inacreditável” Mugello, analisa Verstappen

Daniel Ricciardo, quinto: Ricciardo e Ocon pregam otimismo com Renault em “divertida e desafiadora” Mugello

Esteban Ocon, sexto: Ricciardo e Ocon pregam otimismo com Renault em “divertida e desafiadora” Mugello

Max Verstappen gostou do ritmo da Red Bull na sexta-feira (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Sergio Pérez, sétimo: “O carro esteve bom hoje e estamos mais focados em encontrar nosso ritmo de corrida. Foi uma pena o que aconteceu com o Kimi [Räikkönen]. É muito difícil notar outro carro quando você está saindo dos boxes — e curva no fim da reta dificulta.”

Pierre Gasly, oitavo: Gasly valoriza top-10 nos treinos livres, mas diz: “Não fiquei tão confortável no carro”

Kimi Räikkönen, nono: “É bom pilotar novamente em Mugello, a pista onde fiz minhas primeiras voltas na Fórmula 1, há 20 anos. Com certeza meu pescoço está bem melhor agora do que no fim do meu primeiro dia de testes. A pista continua parecida, com exceção das zebras. É um circuito difícil, então encontrar um acerto é desafiador, especialmente pela primeira vez e sem dados com referência. É um traçado único.”

Charles Leclerc, décimo: Leclerc revela surpresa com Ferrari na Toscana, mas avisa: “TL2 mostrou onde devemos estar”

Lance Stroll, 11º: “Foi um dia positivo para nós. O carro está bom, então, estou feliz com nosso trabalho. Mal posso esperar para ir à pista na classificação, com pouco combustível e quando dá para esforçar ao máximo.”

Sebastian Vettel, 12º: Leclerc revela surpresa com Ferrari na Toscana, mas avisa: “TL2 mostrou onde devemos estar”

Sebastian Vettel, com as novas cores da Ferrari, acelera em Mugello (Foto: Ferrari)

Carlos Sainz Jr., 13º: “Foi uma sexta-feira desafiadora. Não conseguimos deixar o carro em um ponto bom e trabalhamos o dia inteiro tentando coisas, buscando alcançar o equilíbrio. No momento, estamos com muitas dificuldades com saídas na traseira. Sabemos do desafio, mas se conseguirmos um melhor equilíbrio na manhã, nossa performance pode melhorar consideravelmente. Vamos trabalhar duro hoje e tentar melhorar.”

Lando Norris, 14º: “Dia complicado. Claramente não terminou da melhor forma, estava esforçando demais. É um dos primeiros erros integrais que tive desde que comecei na F1. É um pouco frustrante, mas acontece com todos. Não é o ideal, mas estávamos bem. Fizemos avanços do TL1 para o TL2, mas ainda temos muito a fazer. Não tem sido como esperávamos, estamos com mais dificuldades do que o planejado. Começo difícil, mas estou confiante que podemos compensar amanhã.”

Daniil Kvyat, 15º: Gasly valoriza top-10 nos treinos livres, mas diz: “Não fiquei tão confortável no carro”

George Russell, 16º: “Foi incrível. Sempre é divertido estar em um circuito com muitas características próprias. É cheio de ondulações e te pune pelos erros. As velocidades são altas, então foi divertido. Os pneus estão sofrendo, então precisamos analisar isso. A corrida será difícil, porém, animada. Ninguém sabe o que vai acontecer. Precisamos ter uma boa ideia de como vamos querer o acerto, então, veremos.”

Antonio Giovinazzi acelera no veloz circuito de Mugello nesta sexta-feira (Foto: Alfa Romeo)

Antonio Giovinazzi, 17º: “É bom estar na pista na Itália novamente e ver fãs nas arquibancadas. Sentimos falta de espectadores e espero que eles vejam uma corrida bacana no domingo. A pista em Mugello é incrível, especialmente com os carros modernos da Fórmula 1. É muito rápida, com curvas de alta velocidade. O carro esteve bom desde o início do dia, com ritmo de classificação e corrida, então estamos felizes. Infelizmente cometi um pequeno erro na minha volta rápida do TL2, então os tempos não refletem a realidade. Amanhã espero conseguir uma boa volta.”

Nicholas Latifi, 18º: “Foi bem divertido. É uma pista muito intensa com altas velocidades, o que é esperado. O TL1 foi complicado, os pneus não funcionaram como esperado e o carro escorregava. Melhoramos isso no TL2, e as performances não foram ruins. Estará quente no fim de semana, e é uma pista difícil com muitas curvas. Gerenciamento dos pneus será chave. É sobre equilibrar o acerto pela economia de pneus e curvas de alta, mas ao mesmo tempo você quer um carro que pode ultrapassar, o que sabemos que será difícil nesta pista.”

Kevin Magnussen, 19º: “É uma pista muito legal. É extremamente rápida, cheia de curvas de alta velocidade. Obviamente, olhando para estes tempos, nosso dia poderia ter sido melhor, mas pelo menos curti a experiência. Não tínhamos o melhor ritmo hoje.”

Romain Grosjean, 20º: “Eu realmente acho que estamos em uma posição decente, há potencial no carro. Só precisamos trabalhar em três curvas onde não ficamos felizes, mas o resto da volta foi muito boa. Obviamente não é ideal estar em um novo circuito e não conseguir voltas rápidas ou testar para a corrida. Não tenho muita informação para amanhã. A pista é boa, muito rápida.”

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube