Confira declarações dos pilotos depois do quarto dia de testes de pré-temporada da F1 em Barcelona

Sem a Mercedes pela metade do dia em que Lewis Hamilton iria para a pista, a Ferrari teve caminho aberto para liderar o último dia do primeiro sessão de testes coletivos da pré-temporada 2017. Kimi Räikkönen precisou encarar apenas um desafio de Max Verstappen para sair na frente

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Esta quinta-feira (2) de sol aberto, mas com pista molhada em Barcelona marcou o último dia da primeira sessão de testes coletivos da pré-temporada 2017 da F1. Em meio à novidade da chuva artificial, Kimi Räikkönen voltou a colocar a Ferrari na frente numa briga que foi direta com a Red Bull. E a Mercedes teve problemas.

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Pela manhã, na pista molhada, Räikkönen já tomou o controle enquanto Lewis Hamilton demorou a sair Demorou tanto que acabou não saindo. Um problema elétrico encurtou o dia da campeã mundial e acabou com a semana do tricampeão. Kimi, por sua vez, fez seu serviço, seguido por Romain Grosjean, que no final conseguiu esticar com os supermacios na pista já seca.

 
Pela tarde, duas mudanças: Hamilton deu lugar a Valtteri Bottas, enquanto Nico Hülkenberg saiu para Jolyon Palmer assumiu o cockpit da Renault. Räikkönen ganhou a companhia de Max Verstappen numa disputa pela volta mais rápida que apenas durou uns minutos. O finlandês voltou a fugir depois e terminou impressionando com a SF70H.
 
Atrás dos dois, Palmer conseguiu se esgueirar. Boa rendimento da Renault, que ficou apenas 0s009 atrás da Red Bull – e os três pilotos fizeram as voltas com pneus macios. Grosjean foi o quarto, seguido por Antonio Giovinazzi numa confiável Sauber. Sérgio Pérez, Stoffel Vandoorne, Bottas e Hülkenberg seguiram.
Antonio Giovinazzi (Foto: FIA)
Por fim, sem tempo anotado, ficou Daniil Kvyat. O russo só fez uma volta de instalação pela manhã, mas viu seu dia prejudicado quando a Toro Rosso precisou trocar o motor. À tarde, a expectativa era ter Carlos Sainz no volante, mas o time de Faenza não resolveu o problema.
 
A próxima bateria de testes começa em 7 de março, próxima terça-feira. O GRANDE PRÊMIO acompanha 'in loco'.

Confira as declarações:

RENAULT

Jolyon Palmer, terceiro: "Foi outra boa tarde ainda que não tenhamos muitas chances de testar os pneus de chuva. Continuamos melhorando o carro, e é isso exatamente que queremos da pré-temporada. Creio que podemos ficar bem felizes com o que conseguimos nestes primeiros testes. Estamos definitivamente otimistas para a semana que vem. O carro está melhorando o tempo inteiro em termos de sensação e ritmo com mais a vir do que o que já foi visto até agora."

SAUBER
Antonio Giovinazzi, quinto: “Foi outro dia positivo. Conseguimos testar tipos diferentes de pneus, tanto de pista seca quanto de chuva. Como um todo, fico satisfeito com meus dois dias de testes Consegui um bom número de voltas e ganhei mais experiência.”
Sergio Pérez (Foto: Mark Thompson)
FORCE INDIA
Sérgio Pérez, sexto: “Foi uma semana positiva, acho que demos um bom passo adiante para entender o VJM10 e encontrar o limite dos pneus. Me sinto mais confiante no carro, já aprendi bastante e minha preparação está indo de acordo com o plano. Podemos ficar satisfeitos com esse dia de testes, ganhamos terreno e encontramos mais ritmo. Espero que semana que vem a gente esteja ainda mais em forma. Já estou otimista para Melbourne.”
MCLAREN
Stoffel Vandoorne, sétimo: "Estou feliz que Fernando e eu tenhamos podido passar um dia inteiro no carro sem grandes problemas, juntar boa quilometragem e completar o programa nos dois dias. Tentamos muitas coisas diferentes, trabalhamos com vários acertos e estamos aprendendo muito sobre o manuseio e as características do carro em cada volta, o que tem sido muito útil para mim.
 
A adição do teste no molhado também foi interessante por ser a primeira oportunidade de ajustar com os novos pneus e regulações. Me senti confortável no carro, mesmo no molhado, o que nos deu muita informação e uma boa compreensão das reações do carro em diferentes condições de pista."

PADDOCK GP #67 RECEBE OZZ NEGRI E DEBATE TESTES DA F1 EM BARCELONA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube