Confira declarações dos pilotos depois do segundo dia de testes da F1 em Jerez de la Frontera

O segundo dia de testes em Jerez, nesta quarta-feira (29), foi mais produtivo, apesar das atividades terem sido iniciadas com pista molhada. Jenson Button foi o mais rápido do dia

As equipes e os pilotos da F1 viveram uma quarta-feira (29) mais produtiva em Jerez de la Frontera, que recebe a primeira semana de treinos coletivos da pré-temporada 2014. Apesar do início com pista molhada, em que os competidores tiveram a chance de avaliar os novos compostos de chuva da Pirelli, a tarde foi de piso seco. Assim, muitos conseguiram percorrer um grande número de voltas e guiar os novos modelos. E o mais rápido do dia foi Jenson Button.

Jerez de la Frontera recebe os primeiros testes da F1 (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

O piloto da McLaren percorreu 43 giros pelo circuito espanhol e virou 1min24s165 no melhor deles. Kimi Räikkönen colocou a Ferrari na segunda colocação, com uma marca quase sete décimos pior que a do inglês. Valtteri Bottas foi o terceiro com a Williams. O treino de hoje foi marcado também por falhas no sistema armazenamento de energia dos motores Renault, o que provocou o fim precoce dos trabalhos da Red Bull e de Sebastian Vettel, além da Caterham e da Toro Rosso.

Esteban Gutiérrez, da Sauber, provocou duas bandeiras vermelhas durante a sessão. Uma no início, quando rodou na curva 5 e ficou parado na pista. O piloto ainda causaria mais uma paralisação. Um incidente com a Force India pilotada por Sergio Pérez também interrompeu as ações.

Confira as declarações nos pilotos:

FORCE INDIA

Sergio Pérez, 5º: "Hoje foi um dia mais produtivo do que ontem, porque conseguimos aprender um pouco mais sobre o nosso carro. Ainda temos um longo caminho a percorrer, pois os sistemas ainda são muito complexos de se compreender. Por isso, os próximos dias serão importantes com Nico (Hülkenberg) e Daniel (Juncadella). Eles terão condições de nos fornecer informações importantes antes dos treinos no Bahrein. Só aí teremos como começar a trabalhar no desempenho."

Pérez em ação coma Force India (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

SAUBER

Esteban Gutiérrez, 6º: "Hoje fomos capazes de percorrer muitas voltas, o que foi muito positivo. Considerando as circunstâncias, é muito importante ganhar quilometragem. Encontramos alguns problemas nos sistemas, o que faz parte. Nesta fase, a nossa prioridade tem sido a confiabilidade."

CATERHAM

Marcus Ericsson, 7º: "Foram 11 giros hoje e nossa primeira sequência de voltas com o novo carro, então praticamente apenas iniciamos o trabalho. Eu, obviamente, gostaria de ter tido mais tempo no carro, mas sabíamos que teríamos alguns problemas iniciais. Quanto mais tempo fico no carro, mais me sinto confortável. Todos na equipe têm me ajudado muito e estamos começando a construir uma boa relação. Agora, a meta é dar mais quilometragem ao carro amanhã e sexta, como preparação para os testes no Bahrein."

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube