Conformado com quinta posição, Räikkönen diz que não tinha ritmo para acompanhar Red Bull e Ferrari

O piloto da Lotus contou que o quinto lugar era mesmo o melhor que poderia fazer durante o GP da Coreia. Ele também relatou que, por conta do novo sistema de escapamento, encontrou dificuldades para ultrapassar ao longo das 55 voltas da etapa

Largando na quinta colocação do GP da Coreia, Kimi Räikkönen contou que a posição era o máximo que poderia fazer na prova que aconteceu neste domingo (14). Usando o novo sistema de escape Coanda, o finlandês não foi capaz de alcançar Red Bull e Ferrari e acabou ficando mesmo na posição em que largou.

“Eu acho que a quinta posição era mesmo o lugar onde deveríamos ter ficado hoje. A bandeira amarela no início da prova não ajudou [o carro de Nico Rosberg ficou quase dez voltas parado no mesmo lugar] quando estávamos disputando posição com Felipe [Massa], mas, mesmo assim, não tínhamos velocidade para acompanhar Red Bull e Ferrari”, explicou.

Räikkönen afirmou que vai ser difícil disputar o título (Foto: Red Bull/Getty Images)

Usando o novo sistema escapamento com efeito Coanda, o piloto contou que perdeu um pouco de rendimento em alguns momentos da prova e que encontrou certa dificuldade. Por isso, ele pede mais testes para melhorar a nova atualização no E20.

“Nós também perdemos um pouco de tempo atrás de Lewis [Hamilton], porque o novo sistema de escapamento nos faz perder potência, de modo que era difícil ultrapassar. Mas, com alguns treinos a mais, tenho certeza que nós vamos aprender mais para melhorá-lo”, contou. “Eu estava muito bem sozinho, mas, no final, tivemos que continuar acelerando forte para manter a posição e não foi tão fácil”, completou.

Com 48 pontos atrás de Sebastian Vettel, vencedor da prova e novo líder do campeonato, Kimi acredita que suas chances de título foram reduzidas após a 16ª etapa do campeonato. “A diferença para Sebastian no campeonato é muito grande agora, por isso vai ser muito difícil alcançá-lo, mas vamos continuar trabalhando até o final”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube