Conformado, Räikkönen diz que 5º no grid em Mônaco “é mais ou menos o máximo que poderíamos fazer”

Na disputa pelo título, Kimi Räikkönen largará atrás de Sebastian Vettel e ao lado de Fernando Alonso no GP de Mônaco. Piloto mostrou incerteza com relação as estratégias para a corrida

As imagens do sábado de F1 em Monte Carlo 
Acompanhe a cobertura do GP de Mônaco no GRANDE PRÊMIO
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Kimi Räikkönen terminou a complicada sessão classificatória para o GP de Mônaco de 2013 na quinta posição, resultado que considerou justo. Em meio à chuva que caiu sobre o Principado na primeira parte do treino e às mudanças nas condições da pista, o finlandês se mostrou conformado com o lugar na terceira fila do grid de partida.

No Q3 da tomada de tempos, a única parte da sessão na qual os pilotos não precisaram usar pneus intermediários, Kimi marcou 1min14s822. Esse tempo foi 1s mais lento que o do pole-position, Nico Rosberg, e 0s7 em relação a Mark Webber, que vai largar em quarto. Na disputa pelo título, ele estará atrás de Sebastian Vettel e ao lado de Fernando Alonso no grid.

Ao menos no grid de largada, a Lotus é a terceira força neste GP de Mônaco (Foto: Getty Images)

“Estou contente que entramos no top-10 e a quinta posição é mais ou menos o máximo que poderíamos fazer com sete décimos a menos que o próximo carro”, falou o conformado Räikkönen. “Foi um dia difícil por causa das condições climáticas, mas foi o mesmo para todos os pilotos. Obviamente, a classificação aqui nunca é fácil com o tráfego e os muros e você sempre prefere que ela aconteça no seco, pois é muito escorregadio no molhado”, continuou Kimi.

Com relação às estratégias, ele escondeu o jogo e não entrou muito em detalhes. “Não tenho certeza do que vou fazer na corrida. Não temos um cenário claro, já que você nunca sabe exatamente como serão as estratégias dos outros, mas vamos descobrir amanhã,” encerrou o finlandês.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube