Confortável, Schumacher espera animado “experiência maluca de guiar em Mônaco”

Mick Schumacher não escondeu, durante ação com fãs no site da Haas, a animação de estrear de vez no GP de Mônaco pela Fórmula 1

Trailer dos personagens clássicos do F1 2021 (Vídeo: Codemasters)

Às vésperas de viver a primeira experiência de Fórmula 1 no circuito mais tradicional do calendário, o do GP de Mônaco, Mick Schumacher não escondeu a empolgação para levar o VF-21 à pista no evento do próximo fim de semana. Schumacher comentou sobre o traçado desafiador que tem pela frente e da experiência que teve em Monte Carlo durante seu período na Fórmula 2, categoria na qual é o atual campeão.

Em ação interativa com os fãs, proposta pelo site oficial da Haas, o alemão mostrou suas impressões sobre a pista, traçando paralelos com a F2 e sua experiência em circuitos de rua. Apesar da Haas lutar na rabeira do campeonato, o estreante é o grande alento da equipe no ano. Já adaptado à nova realidade, Schumacher corroborou a tese de que já está à vontade na equipe no novo carro.

“Provavelmente você não encontrará a mesma corrida em Mônaco duas vezes – não sei se isso faz sentido. Você nunca encontrará uma corrida igual ou um fim de semana igual aqui duas vezes. É sempre especial, sempre alguma coisa acontece”, disse.

“No geral, é uma experiência maluca para todo piloto guiar em Mônaco. É um desafio verdadeiro quando você está tão perto do muro a todo tempo por 70 voltas. A parte mental é muito difícil, mas é um desafio e é isso que é divertido em uma pista como essa. Eu realmente estou ansioso”, analisou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Mick Schumacher mostra confiança na evolução da Haas (Foto: Haas)

“Definitivamente é uma pista onde o piloto faz a diferença. Obviamente, se você tem um carro em que confia, onde se sente confortável, isso irá te ajudar em Mônaco, e te faz chegar no primeiro treino livre com a mente mais aberta em aprender sobre o circuito” seguiu.

“Se você tiver que aprender sobre o carro, ou se não estiver confortável nele, isso definitivamente tornará as coisas mais difíceis. Estou superconfortável no carro e animado para aprender como guiar por Mônaco no VF-21”, comentou.

Atual campeão da Fórmula 2, Mick Schumacher já correu no Principado em sua antiga categoria, assim como realizou corridas em outros traçados de rua pelas categorias de acesso à Fórmula 1. Em Mônaco, a última lembrança traz à tona o ano de 2019 não é tão positiva assim. Na época, ainda piloto da Prema, Schumacher encerrou a corrida nas ruas de Monte Carlo na 13ª posição. Porém, aproveitou para traçar um rápido paralelo entre as categorias e analisar novamente o traçado da pista.

“A Fórmula 2 é obviamente um pouco mais lenta do que a Fórmula 1, então estou animado para ver como será estar em um carro de Fórmula 1 [em Mônaco]. O carro da Fórmula 2, em linhas gerais, é um carro rápido e pesado, mas muito arisco e que muda muito. Definitivamente é um desafio e uma diversão para mim a experiência em Mônaco. Eu tinha ido apenas a Baku e Macau antes, que são um pouco similares”, concluiu Schumacher.

A Fórmula 1 volta a acelerar neste fim de semana com o GP de Mônaco, o quinto da temporada 2021. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar