Consultor da Red Bull descarta volta de Vettel: “Financeiramente já seria muito difícil”

Helmut Marko afirmou que não consegue imaginar Sebastian Vettel ao lado de Max Verstappen na Red Bull. Consultor do time dos energéticos avaliou que essa união já seria difícil financeiramente

Consultor da Red Bull, Helmut Marko descartou a volta de Sebastian Vettel à Red Bull na Fórmula 1. O dirigente afirmou que não consegue imaginar o #5 ao lado de Max Verstappen no time. 
 
Vettel tem contrato com a Ferrari até o fim do ano, mas, ao contrário de Charles Leclerc, que já renovou até 2024, segue com o futuro indefinido.
 
Marko, porém, não vê chances de Vettel voltar a vestir o uniforme rubro-taurino, até por conta do fator financeiro.
Sebastian Vettel defendeu a Red Bull entre 2009 e 2014 (Foto: Mark Thompson/Getty Images)
Paddockast
O MELHOR CONTEÚDO DO ESPORTE A MOTOR PARA OUVIR QUANDO QUISER

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

“Com a extensão de Max, não consigo imaginar ter dois Vs com a gente”, disse Marko à publicação alemã ‘Motorsport-Magazin.com’. “Só financeiramente já seria muito difícil”, comentou.
 
Ainda assim, o dirigente exaltou o germânico e considerou que, “se Sebastian se sente confortável ― se ele tiver um carro que se adapte ao seu estilo de pilotagem ―, então ele absolutamente está lá”.
 
Por fim, Marko avaliou que uma das principais dificuldades de Vettel na Ferrari é a questão política.
 
“Sebastian é um atleta muito direito, que não quer saber muito sobre política e não quer lutar”, falou Marko. “Leclerc tem vantagem com seu agente [Nicolas] Todt, que, certamente, é muito bom em todas essas áreas. Mas ele pode contar com a performance dele”, concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar