F1
29/09/2018 08:02

Consultor da Red Bull, Marko diz que Kvyat está com “mentalidade certa” para volta ao grid: “Mais maduro”

Apenas um ano se passou, mas dirigentes de Red Bull e Toro Rosso pensam que Daniil Kvyat já é um homem diferente. Helmut Marko, consultor da Red Bull na F1, pensa que Kvyat se tornou capaz de aliar o talento à “mentalidade certa”
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 Daniil Kvyat (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
A Red Bull, que promoveu o retorno de Daniil Kvyat ao carro da Toro Rosso, aposta em uma mudança de mentalidade e atitude. De acordo com Helmut Marko, consultor da equipe principal e chefe do programa de jovens pilotos, acredita que Kvyat fez uso do ano fora do grid da F1 para se tornar um piloto mais maduro e capaz.
 
“Eu vi que ele mudou sua abordagem e personalidade, ou simplesmente se tornou mais maduro”, disse Marko. “Ele sempre foi rápido. Era uma questão de mentalidade e agora acho que ele tem a mentalidade certa. Não temos muitos pilotos por aí. Essas são as condições certas e fico feliz por tê-lo de volta”, seguiu.
 
A mudança de mentalidade, caso se confirme, é um grande trunfo para Kvyat. O russo entrou em espiral negativa após o ‘rebaixamento’ para a Toro Rosso durante a temporada 2016, sendo trocado por Max Verstappen na Red Bull. A renovação de contrato para 2017 não adiantou: o ano foi ruim para Kvyat, que mal pontuou e se viu demitido antes do fim do campeonato.
Daniil Kvyat vai conseguir andar bem em 2019? (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
“Eu acredito que ele merece outra chance na F1”, concordou Franz Tost, chefe da Toro Rosso. “Daniil [Kvyat] é um piloto altamente talentoso e com velocidade natural fantástica, algo que ele já provou várias vezes na carreira. Ele precisou encarar algumas situações no passado, mas estou convicto de que ter tempo para amadurecer longe das pistas ajudou a entender sua capacidade na pista. Vamos dar nosso melhor para entregar o melhor pacote, e também acredito que ele ainda vai pilotar seu melhor”, seguiu.
 
No ano em que esteve fora do grid da F1, Kvyat virou aliado da Ferrari. A equipe italiana usou o russo como piloto de desenvolvimento, o que significou trabalhar no simulador de Maranello.
 
A Toro Rosso define Kvyat como substituto de Pierre Gasly, de partida para a Red Bull. Tal definição significa que o futuro de Brendon Hartley, outro piloto da equipe, ainda é uma grande incerteza.