F1

Crise afasta sorriso, e Ricciardo vê Red Bull perdida: “Não acho que nós realmente sabemos do que precisamos”

Sem encontrar saída para os problemas da Red Bull, Daniel Ricciardo reconheceu que o time está bastante perdido na temporada 2015. Australiano destacou que nenhuma das tentativas para melhorar a performance do RB11 parece funcionar

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Daniel Ricciardo admitiu que a Red Bull não sabe mais como melhorar a performance do RB11. No sábado (6), o australiano registrou 1min16s114 em sua melhor volta no treino classificatório e, 1s721 mais lento que Lewis Hamilton, o dono da pole, vai iniciar o GP do Canadá em nono.
 
Um ano após triunfar no circuito Gilles Villeneuve, Ricciardo deixou o sorriso de lado e reconheceu que é frustrante ver a outrora dominante Red Bull perdida. 
Ricciardo reconheceu que a Red Bull está perdida tentando melhorar o RB11 (Foto: AP)
“É, obviamente, frustrante. Um ano atrás era um pouco diferente”, disse Daniel. “Um ano depois as coisas não deveriam estar piorando tanto, mas estão, então é assim por agora”, continuou.
 
 De acordo com o australiano, que foi o único a quebrar o domínio da Mercedes no ano passado, a Red Bull não sabe mais indicar a fonte de seus problemas e todas as tentativas de melhorar o RB11 deram errado.
 
“Nas últimas corridas nós tivemos atualizações, mas, para ser honesto, elas não fizeram nada por nós”, reconheceu. “Não acho que nós realmente sabemos do que precisamos agora ou onde encontrar isso. Nós estamos tentando, mas não estamos tendo muito retorno”, frisou.
 
“De certa forma, nós provavelmente teremos de dar um passo atrás em termos de olhar para outro lugar para ver se tem algo fundamental faltando”, ponderou. “Do lado da potência, nós sabemos o que é, mas, do lado do chassi, tem algo que não conseguimos pegar — que nós tínhamos no ano passado”, lembrou.
 
“Nós não éramos perfeitos no ano passado, mas nós realmente não avançamos este ano”, admitiu. “Não é por falta de tentar, nós até tentando algo em grande ontem de manhã no meu carro, mas nada parece funcionar”, concluiu.