Ricciardo brinca e ri sobre animação para GP da França: “Não acredito que vou dizer isso”

Daniel Ricciardo está surpreso em se animar por corrida em Paul Ricard. O autódromo costuma gerar corridas chatas, mas traz uma chance de volta por cima para o australiano

Romain Grosjean rodou e atacou de bombeiro em Detroit (Vídeo: Indycar)

Após ter um desempenho aquém nos GPs de Mônaco e do Azerbaijão, Daniel Ricciardo está ansioso para iniciar os trabalhos da Fórmula 1 em Paul Ricard. A sede do GP da França, apesar de ter fama de gerar corridas chatas, cai no gosto do australiano por um motivos simples: a sétima etapa do Mundial será em um autódromo permanente.

Incrédulo por estar tão animado para a etapa, Ricciardo segue buscando se adaptar totalmente à McLaren. Vindo de atuações apagadas em Mônaco e Baku, o australiano enxerga na normalidade de autódromos como Paul Ricard e Red Bull Ring uma chance de evoluir na nova equipe.

“Não acredito que vou dizer isso, mas estou animado em irmos para Le Castellet e ter uma pista permanente pela frente, onde, talvez, vamos passar o fim de semana sem errar. A familiaridade com a pista e a sequência de corridas na Áustria, irão com certeza, deixar essa fase de adaptação mais fácil”, analisou.

Daniel Ricciardo foi aos pontos e terminou o GP do Azerbaijão na nona colocação (Foto:McLaren)

“Vamos à França essa semana para começar a primeira rodada tripla da temporada e não posso esperar para iniciar essa sequência. Três corridas seguidas são desafiantes, mas também dão uma grande oportunidade de dar tempo contínuo dentro do carro e construir um progresso em cima do que temos feito”, disse.

Chegando à sétima corrida pela McLaren, Ricciardo assume que precisa de mais tempo para se adaptar. Décimo colocado no Mundial de Pilotos com 26 pontos, o australiano se vê em um abismo de distância em comparação ao companheiro de equipe, Lando Norris, quarto colocado com 66 tentos, e aposta em passar mais tempo no carro na rodada tripla para tentar diminuir a diferença e se firmar na equipe de Woking.

“Conseguir adquirir mais quilometragem nas próximas três semanas, combinado com o trabalho que fizemos no simulador, é algo que nos trará um bom resultado. É a oportunidade para que eu continue ganhando confiança no carro”, concluiu.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar