Ricciardo lidera, Alonso é 2º e Hamilton roda na manhã do dia 2 dos testes no Bahrein

Daniel Ricciardo voltou a andar bem com a McLaren MCL35M empurrada pelo motor Mercedes e foi o mais rápido da manhã do segundo dia de teste da Fórmula 1 no Bahrein. Fernando Alonso teve ótima estreia pela Alpine e foi o segundo, enquanto Sergio Pérez fechou o top-3 com a Red Bull

Lewis Hamilton escapou na curva 13 e causou bandeira vermelha no dia 2 de teste da F1 no Bahrein (Vídeo: Divulgação)

Ao que tudo indica, o casamento de Daniel Ricciardo com a McLaren começou de forma impecável. Depois de ter estreado pela equipe de Woking com a liderança da manhã do primeiro dia de teste de pré-temporada da Fórmula 1, na última sexta-feira, o australiano repetiu a dose no primeiro período deste sábado (13) em Sakhir. Com 1min32s215, tempo registrado com os pneus médios, C3, o dono do carro #3 foi o mais rápido nas primeiras quatro horas de atividades de pista deste segundo dia de testes. Fernando Alonso finalmente completou suas primeiras voltas com o novo carro da Alpine e foi muito bem, finalizando na segunda posição. Tendo feito seu melhor tempo com os pneus duros, os C2, o bicampeão do mundo ficou a apenas 0s124 da marca estabelecida por Ricciardo.

Quem também andou muito bem pela manhã foi Sergio Pérez. O novo piloto da Red Bull acelerou o RB16B em Sakhir pela primeira vez neste sábado e usou, na maior parte do tempo, pneus duros C2. O mexicano, perto da hora final de sessão, virou 1min32s478 e se posicionou na terceira posição. A diferença de ‘Checo’ para Ricciardo foi de apenas 0s263.

DANIEL RICCIARDO; MCLAREN; PRÉ-TEMPORADA; FÓRMULA 1; F1; BAHREIN;
Daniel Ricciardo voltou a ser protagonista nesta manhã de sábado com a McLaren (Foto: McLaren)

Em manhã que teve Nicholas Latifi em quarto lugar com a Williams, com o melhor tempo do canadense sendo registrado com os pneus mais macios ofertados pela Pirelli, o C5, enquanto Yuki Tsunoda foi o quinto mais rápido a bordo do carro da AlphaTauri. A melhor volta do japonês, um dos três novatos da F1 em 2021, foi aferida com pneus médios.

Mas para muitos pilotos, a manhã foi bastante complicada em Sakhir. Lewis Hamilton, heptacampeão mundial, provocou bandeira vermelha ao rodar na saída da curva 13. O piloto conseguiu voltar à pista pouco depois para completar uma sequência de voltas em simulação de corrida. Hamilton foi o oitavo mais rápido da atividade, ficando atrás da Ferrari de Carlos Sainz, que também rodou, e da Haas de Nikita Mazepin. Antonio Giovinazzi foi o nono com a Alfa Romeo e ficou à frente de Sebastian Vettel, que mal andou. O tetracampeão enfrentou problemas no sistema de câmbio da Aston Martin e completou apenas 10 voltas, ficando a maior parte do tempo nos boxes.

GRANDE PRÊMIO traz uma cobertura pra lá de especial dos ensaios da Fórmula 1 em Sakhir. Acompanhe toda a transmissão dos testes de pré-temporada AO VIVO e em TEMPO REAL.

E, ao fim de cada um dos dias de teste, às 13h (de Brasília), vai ao ar o BRIEFING, programa AO VIVO na GP TV, o canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube, com Victor Martins, Evelyn Guimarães e Pedro Henrique Marum presentes à mesa virtual com o debate completo sobre a pré-temporada da F1.

Saiba como foi a manhã do segundo dia de testes da F1 no Bahrein

A abertura dos trabalhos na manhã deste sábado em Sakhir marcou a estreia de Fernando Alonso a bordo do novo carro da Alpine. O dia também teve o debute de Sergio Pérez como piloto da Red Bull. Dois momentos bastante aguardados nos últimos tempos.

Na escalação providenciada pelas equipes para o primeiro período de atividades de pista no Bahrein, a Mercedes optou por convocar Lewis Hamilton, enquanto a Ferrari chamou Carlos Sainz. A McLaren preferiu a mesma combinação da sexta-feira, com Daniel Ricciardo abrindo os trabalhos, assim como a Aston Martin com Sebastian Vettel também pela manhã. O novato Yuki Tsunoda acelerou pela AlphaTauri, dividindo a pista também com a Haas pilotada por Nikita Mazepin e com Nicholas Latifi, da Williams. A Alfa Romeo completou o grid com os dez carros para a manhã com Antonio Giovinazzi na pista.

Fernando Alonso enfim estreou a bordo do carro da Alpine em 2021 (Vídeo: Alpine/Twitter)

A sessão começou com o céu bastante encoberto pela poeira e com muito vento, em cenário um pouco mais brando em relação ao que os pilotos enfrentaram na tarde de sexta-feira. Mesmo assim, o asfalto estava bastante sujo para o início das atividades de sábado. Coube a Ricciardo, o mais rápido do primeiro período do primeiro dia de teste, puxar a fila e abrir os trabalhos nesta manhã. Logo depois, Alonso saiu para sua volta de instalação com o carro da Alpine.

Depois do dia totalmente comprometido e cheio de problemas, a Mercedes tratou de buscar o máximo de quilometragem desde os primeiros minutos. Hamilton abriu a tabela de tempos com 1min38s587 e já emendou uma sequência de voltas em Sakhir para avaliar o novo W12 depois de Andrew Shovlin, diretor de operações de pista da equipe, reportar falta de equilíbrio do carro.

FERNANDO ALONSO; ALPINE; FÓRMULA 1; F1 2021; BAHREIN; TESTE; PRÉ-TEMPORADA;
Fernando Alonso completou suas primeiras voltas a bordo do novo carro da Alpine na Fórmula 1 (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Tudo sobre os lançamentos dos carros da F1 2021

Mas não demorou muito para que a tabela de tempos apontasse uma mudança na liderança. Tsunoda chegou a ocupar a ponta por alguns minutos antes que Pérez, com pneus protótipos calçando sua Red Bull, subisse para primeiro na sua volta inicial, com 1min36s113 como tempo. O mexicano não durou muito tempo na liderança, sendo superado por Alonso, com pneus duros, Sainz e Mazepin, com os médios. Tudo isso antes da primeira meia hora de sessão.

Minutos depois, Sainz registrou 1min33s072 com pneus protótipos da Pirelli e assumiu a primeira posição com a Ferrari. Alonso, em boa sequência de voltas com o Alpine A521, subia para segundo, com pneus C2, ficando a 1s181 do compatriota. Coube a Carlos liderar a tabela de tempos na primeira hora de atividade. Latifi, com a Williams, completou 16 voltas, sendo o que mais andou. Em contrapartida, Ricciardo, Giovinazzi e Vettel ainda não tinham tempos registrados.

A liderança mudou de mãos pouco depois. E com Alonso, que conseguiu encaixar boa volta, ainda usando pneus C2, o segundo mais duro ofertado pela Pirelli, e cravou 1min32s769, superando Sainz em 0s303.

SERGIO PÉREZ; F1; FÓRMULA 1; RED BULL; SAKHIR; PRÉ-TEMPORADA;
Sergio Pérez fez sua estreia pela Red Bull neste sábado em Sakhir (Foto: Clive Mason/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Na sequência da segunda hora de teste, todos os pilotos já haviam cronometrado volta em Sakhir. Com 90 minutos de sessão, Alonso liderava, seguido por Sainz, Mazepin, Latifi e Ricciardo, enquanto Hamilton era o sexto, seguido por Pérez, Tsunoda, Giovinazzi e Vettel, ainda com poucas voltas, em décimo.

Foi aí que Ricciardo registrou 1min32s598, com pneus médios C3, para assumir a primeira posição. O tempo estabelecido pelo australiano, porém, era mais lento em relação ao registrado na manhã de sexta-feira: 1min32s203, mas com pneus C2. Só que Alonso retomou a dianteira em seguida com volta 0s259 melhor que a de Daniel ao registrar 1min32s339, permanecendo com pneus duros, os C2. Já a Aston Martin relatava problemas no câmbio, o que atrapalhou de forma decisiva o trabalho de Vettel nesta manhã.

LEWIS HAMILTON; PRÉ-TEMPORADA; MERCEDES; FÓRMULA 1; SAKHIR; MERCEDES;
Lewis Hamilton deixa carro da Mercedes após rodar e ficar atolado na brita em Sakhir (Foto: AFP)

Em alternância de posições, Ricciardo retomou a ponta com 1min32s215 como melhor volta. A manhã, que foi muito boa para Daniel e Alonso, em especial, foi também um primeiro período complicado para muitos pilotos além de Vettel. Muito por conta da falta de aderência em razão da areia na pista, Sainz rodou com a Ferrari, em incidente sem maiores consequências. Latifi também escapou e destruiu o pneu dianteiro direito da sua Williams.

E com 1h44min de sessão, Hamilton escapou na curva 13, rodou e ficou parado na caixa de brita. Não houve o que fazer a não ser bater o cinto de segurança e sair do carro. Bandeira vermelha em Sakhir. Os mecânicos da Mercedes, que logo chegaram para o resgate, trataram de cobrir o W12 e esconder os segredos das equipes rivais.

A interrupção durou somente alguns poucos minutos. Quando a luz verde foi acionada novamente, Ricciardo deixou os boxes usando pneus macios, assim como Latifi, que, com pneus C5, subiu para terceiro depois de registrar tempo 0s326 mais lento que o australiano, deixando Sainz em quarto lugar. Pouco depois, foi a vez de Hamilton retornar para a pista, o que mostrou que não houve danos no W12 depois da rodada minutos atrás. O heptacampeão abriu uma nova série de voltas usando os pneus médios.

YUKI TSUNODA; FÓRMULA 1; ALPHATAURI; PRÉ-TEMPORADA; BAHREIN;
Yuki Tsunoda acelerou o carro da AlphaTauri nesta manhã em Sakhir (Foto: Clive Mason/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Já na hora final, Pérez registrou o terceiro melhor tempo da manhã, 1min32s478, mas com pneus duros, na comparação com os médios usados por Ricciardo. A Red Bull voltava a mostrar enorme potencial no fim de semana. Logo depois, Tsunoda colocou a AlphaTauri em quinto na tabela, com pneus médios. O japonês se colocava à frente da Ferrari de Sainz, da Haas de Mazepin e da Mercedes de Hamilton. Giovinazzi continuava em nono, enquanto Vettel seguia nos boxes.

Já na meia hora final, Tsunoda marcou 1min32s684 com pneus macios, os C4, mas permaneceu em quinto, 0s409 atrás da marca registrada por Ricciardo. Também neste momento, Hamilton deixou os boxes da Mercedes usando pneus C3 novos para outro stint de voltas, mas longe de qualquer simulação em ritmo de classificação, como foi também na tarde de sexta-feira. Ricciardo também voltou à pista, mas com os compostos C2, enquanto Alonso acelerou nos minutos finais com pneus C3. Vettel também conseguiu retornar para testar as condições do carro da Aston Martin antes da retomada dos trabalhos à tarde.

Ao fim de quatro movimentadas horas em Sakhir, Ricciardo confirmou o melhor tempo da primeira metade de sábado antes de entregar o volante da McLaren para Lando Norris no período da tarde. E assim como o australiano, Alonso e Pérez também deixaram ótima impressão. Pouco antes da bandeirada, a direção de prova chegou a acionar a bandeira vermelha em razão de um teste realizado pela FIA.

Fórmula 1 2021, pré-temporada, Sakhir, dia 2, manhã:

1D RICCIARDOMcLaren Mercedes1:32.215 52
2F ALONSOAlpine1:32.339+0.12460
3S PÉREZRed Bull Honda1:32.478+0.26339
4N LATIFIWilliams Mercedes1:32.541+0.32647
5Y TSUNODAAlphaTauri Honda1:32.684+0.46957
6C SAINZFerrari1:33.072+0.85756
7N MAZEPINHaas Ferrari1:33.101+0.88676
8L HAMILTONMercedes1:33.399+1.18458
9A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari1:36.018+3.80373
10S VETTELAston Martin Mercedes1:38.849+6.63410

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube