De olho em primeira vitória, Vettel minimiza clima instável e prevê corrida “interessante” no Canadá

Pole-position pela terceira vez na temporada, Sebastian Vettel jamais venceu o GP do Canadá. O tricampeão do mundo acredita que a corrida do próximo domingo (8), em Montreal, será interessante por conta das condições climáticas imprevisíveis na região do circuito Gilles Villeneuve

O GP do Canadá é uma das poucas provas do calendário onde a Red Bull jamais venceu. De olho no fim do jejum neste fim de semana, Sebastian Vettel começou bem sua busca pela vitória em Montreal ao garantir, neste sábado (8), a pole-position da sétima etapa da temporada 2013. Uma pole que veio durante um treino marcado pela instabilidade climática, com a chuva aparecendo aqui e ali e mudando as características da pista quase que constantemente.

Para domingo, a previsão meteorológica aponta tempo bom e pista seca. Mas Vettel parece não estar muito preocupado. “É difícil ver como será a previsão amanhã. Neste estágio, esperamos pelo seco, mas vamos ver. Mas isso não importa muito. Nós reservamos alguns pneus, certamente muitos slicks, e nós temos os de chuva em boa forma. Será uma corrida interessante, com muitas condições mistas”, disse o tricampeão do mundo durante entrevista coletiva logo após a sessão classificatória no circuito Gilles Villeneuve.
A cobertura completa do GP do Canadá no GRANDE PRÊMIO
As imagens de sábado da F1 em Montreal
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Sebastian Vettel se mostrou tranquilo com clima neste domingo em Montreal (Foto: Getty Images)

Vettel destacou as condições complicadas ao longo do treino que lhe deu a 39ª pole-position na carreira. “Não sei se alguém poderia precisar a previsão para cada curva. Nós vimos hoje que isso foi muito complicado em alguns lugares e seco em alguns outros, então a volta seguinte era completamente diferente”, explicou.

Caso o GP do Canadá tenha as mesmas condições climáticas da classificação deste sábado, Vettel não terá nenhum jogo novo de pneus intermediários à disposição. Mas nem isso parece preocupar o seguro piloto alemão.

“Não temos nenhum novo jogo à disposição, mas nós temos um com apenas um curto percurso na última classificação. Dos jogos que nós usamos, um está completamente novo [com pouco uso] e o outro, limpo”, destacou Sebastian, afirmando que não tinha como não exigir dos pneus intermediários à disposição. “Foi complicado. Todo mundo usou os intermediários para se classificar o mais acima possível. O que importa é que estamos em boa forma para todas as condições, no seco e no molhado”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube