De olho no título, Montezemolo cobra carro vencedor da Ferrari nas duas últimas etapas de 2012

Luca di Montezemolo afirmou que a Ferrari tem dez dias para garantir que Fernando Alonso tenha um carro vitorioso nas duas últimas etapas de 2012. Para isso, o dirigente cobrou 120% de empenho de todos os funcionários

A Ferrari vive um momento de decisão na temporada 2012 da F1. Faltando apenas duas corridas para o final do campeonato, o presidente da montadora italiana, Luca Di Montezemolo, já deixou claro que quer um carro ganhador nas últimas provas para que Fernando Alonso possa superar os dez pontos que o separam de Sebastian Vettel.

O dirigente quer, antes de tudo, evitar um novo final de semana como o de Abu Dhabi. Na última corrida, a Ferrari chegou prometendo atualizações para o carro de Alonso, mas o piloto espanhol passou longe de brigar pela pole-position e só conseguiu lutar pela vitória por causa do abandono de Lewis Hamilton, que havia dominado a prova.

“O fim de semana foi bem difícil de entender”, questionou o dirigente. “Tudo começou no sábado à noite, quando assisti a uma situação que não estava totalmente clara. Assim como a Ferrari está preocupada, eu quero entender por que as novas peças que trouxemos para a pista apenas melhoraram parcialmente o desempenho do carro, o que não foi o bastante para que Alonso lutasse pelas primeiras posições do grid”, declarou.

Montezemolo cobrou empenho da Ferrari nesta reta final de campeonato (Foto: Ferrari)

Apesar da decepção com as atualizações, Montezemolo elogiou o trabalho de recuperação do piloto espanhol, em Abu Dhabi, e afirmou que a Ferrari tem dez dias para dar condições ao titular de vencer as duas últimas corridas do ano.

“Ontem, Fernando disputou uma de suas melhores corridas da temporada, em que ele deu 120% e pôde lutar pela vitória no final. Mas é claro que precisamos fazer mais para as próximas corridas. Temos dez dias cruciais de trabalho pela frente, nos quais precisamos fazer de tudo para chegarmos ao Texas com um carro capaz de lutar por vitórias. Esse precisa ser o nosso objetivo”, acrescentou.

Outra decepção revelada pelo presidente é Alonso só ter descontado míseros três pontos para Sebastian Vettel na luta pelo título, mesmo com o piloto alemão tendo largado na última colocação. Apesar disso, o dirigente reconheceu que o alemão fez uma boa corrida e mereceu o resultado, embora tenha sido beneficiado pelo safety-car, que reagrupou o pelotão em duas oportunidades.

“Claro, ontem de manhã, todos nós estávamos esperando ganhar alguns pontos a mais no campeonato por causa da posição de largada de Vettel. Mas ele também fez uma boa corrida, embora os dois safety-cars tenham nos prejudicado”, avaliou.

Só que o desempenho do atual campeão não tirou o otimismo da Ferrari. Montezemolo disse que continua certo de que a escuderia italiana será a vencedora no final do ano. “Apesar de tudo eu continuou confiante de que tudo é possível. Só depende de nós. Nesses últimos 15 anos em que estivemos envolvidos na briga pelo campeonato, vimos situações muito mais complicadas serem revertidas”, afirmou.

Mas para ficar com a taça, o dirigente cobrou empenho de todos os seus funcionários. “Eu estou certo de que o caminho para a vitória passa por cada homem e mulher que trabalha na Ferrari dar os mesmos 120% de determinação de Fernando Alonso. Nós queremos vencer o título. E eu acredito em nós mais do que qualquer em qualquer outro”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube