De Ricciardo a Tsunoda: vencedores e perdedores do início da 2ª metade da F1 2021

A Fórmula 1 deixa a Europa e parte para a reta final da temporada 2021 na América e na Ásia, mas quais os principais vencedores e perdedores da perna pós-férias?

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A Fórmula 1 encerrou a passagem pela Europa com alguns vencedores e outros perdedores quando a comparação é com a primeira metade do campeonato. Após as férias, ainda em território europeu, alguns pilotos cresceram e outros ficaram pelo caminho.

A pausa das férias não afetou algumas coisas, como a briga pelo título, que segue muito acirrada entre Max Verstappen e Lewis Hamilton. Valtteri Bottas e Sergio Pérez também não mudaram tanto, com algumas ótimas performances, mas outras que não condizem com os carros que têm.

Por outro lado, gente como Daniel Ricciardo, Fernando Alonso e a dupla da Williams evoluiu bastante em relação ao que vinham apresentando no começo do ano. Sebastian Vettel e Yuki Tsunoda já pegaram o caminho oposto.

Quem mais evoluiu? Quem mais caiu? Quais os vencedores e perdedores da segunda metade da F1 2021? Pedro Henrique Marum e Gabriel Curty analisam no vídeo abaixo. ASSISTA!

F1: OS VENCEDORES E PERDEDORES DA SEGUNDA METADE DE 2021

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar