De saída da F1, Schumacher reitera que não voltará a disputar competições de moto

Após anunciar saída da F1 no final da temporada de 2012, Michael Schumacher descartou futuro em corridas de moto. Heptacampeão disputou provas no Campeonato Alemão de Superbike na primeira vez que deixou a categoria

Michael Schumacher anunciou no último dia 4 que sua carreira na F1 chegará ao fim junto com o encerramento da temporada de 2012 da categoria, mas não deu pistas sobre seu futuro. Nesta segunda-feira, entretanto, o germânico concedeu uma entrevista ao jornal ‘Frankfurter Allgemeine Zeitung’ e descartou as competições em duas rodas.

Durante os três anos em que ficou afastado da F1 antes do retorno em 2010, o heptacampeão participou de algumas provas do Campeonato Alemão de Superbike e chegou a preocupar após um acidente em um teste da categoria no circuito de Cartagena, na Espanha. 
Schumacher descartou participar de competições de moto no futuro (Foto: Motorcycleusa.com)

Na entrevista, o piloto afirmou que as corridas de moto são “muito divertidas”, mas reconheceu que são “definitivamente” muito mais perigosas que correr na F1. “Estou muito disposto a aprender”, disse Schumacher sorrindo. “E isso significa que eu não farei mais nenhuma corrida de moto”, garantiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube