Dennis dá como certa renovação com Hamilton: “Não há razão para que isso não aconteça”

Ron Dennis, presidente do Grupo McLaren, garantiu que não vê razão para que Lewis Hamilton não renove seu acordo com a equipe no fim desta temporada

 

"Não há razão alguma para que Lewis não continue pilotando para nós no futuro". A frase é de Ron Dennis, presidente do Grupo McLaren, garantindo que está confiante na renovação de contrato de Lewis Hamilton com a tradicional equipe inglesa. O acordo do inglês, que atualmente ocupa a quinta colocação no campeonato, acaba no fim da temporada. Apesar de ter atravessado uma fase de fracos resultados nas últimas corridas, Dennis acredita que o time britânico agora está de volta ao caminho certo e que vai retomar a luta por vitórias.
Ron Dennis aposta na permanência de Hamilton na McLaren (Foto: McLaren)

"Nós tivemos um período ruim, mas acho que estamos fortes novamente", disse o dirigente à BBC. "Esperamos agora por um bom resultado na Hungria antes das férias de verão. Há mais nove corridas pela frente, então ainda temos chances no campeonato", completou. 

 
"Por isso, não há razão alguma para que Lewis não esteja em um de nossos carros no futuro. Acho que as pessoas estão com a impressão errada sobre isso", acrescentou.
 
No Mundial de Pilotos, Hamilton está a 62 pontos do líder Fernando Alonso e possui até o momento apenas a vitória no Canadá. Dennis, entretanto, se disse esperançoso em um ressurgimento da equipe depois da série de atualizações bem-sucedidas que foram implantadas no MP4-27 em Hockenheim.
 
"Acho que o fato de que poderíamos ter vencido na Alemanha diz que nosso desempenho é realmente melhor. Se as coisas continuarem dessa maneira, tenho certeza de que ele estará sentado em um McLaren no próximo ano", concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube