F1

Depois de amanhecer nublado em Hockenheim, sol abre e minimiza risco de chuva no GP da Alemanha

As nuvens no céu de Hockenheim começam a ser substituídas pelo sol forte. A previsão do tempo passa a indicar clima seco durante o GP da Alemanha, mas sem expectativa de calor intenso, como se viu nos treinos livres

Warm Up, de Hockenheim / Redação GP, de Porto Alegre

As expectativas de um GP da Alemanha realizado sob chuva estão se frustrando. O domingo (22) em Hockenheim até amanheceu nublado, mas o passar das horas durante a manhã já tratou de abrir o tempo e indicar clima ensolarado no momento da largada, às 10h10 (de Brasília).
 
De acordo com o ‘Weather Channel’, a probabilidade de chuva no momento da largada em Hockenheim é estimada em 15%, não indo além de 20% até a altura da bandeira quadriculada. É uma situação bastante da vista no sábado, quando a chuva do terceiro treino livre chegou a prometer – em vão – um treino classificatório molhado.
O sol deve voltar a brilhar em Hockenheim (Foto: Sauber)

O fato de o sol não brilhar forte desde o começo da manhã significa que as temperaturas não estão tão altas quanto na sexta-feira, quando pilotos mostraram preocupação com a possibilidade de alto desgaste de pneus. A temperatura de 24º C não deve subir muito mais, chegando apenas aos 25º C ao longo da tarde segundo o ‘Weather Channel’. A temperatura do asfalto, de 39º C, deve subir conforme os carros começarem a acumular voltas.
 
O GP da Alemanha tem Sebastian Vettel na pole-position e Valtteri Bottas completando a primeira fila. Lewis Hamilton, que sofreu uma falha mecânica no Q1, busca uma corrida de recuperação partindo do 14º lugar.