Depois de confusão na Hungria, Albon ganha novo engenheiro de corrida na Red Bull

Mike Lugg, que virou engenheiro do segundo carro da Red Bull com a chegada de Pierre Gasly em 2019, perde o posto. Simon Rennie, que trabalhou com Daniel Ricciardo até 2018, chega para substituir e ajudar Alexander Albon a progredir na Fórmula 1

Alexander Albon ganhou um reforço inesperado para o GP da Inglaterra desta semana. O piloto tailandês passa a ter um novo engenheiro de corrida: Mike Lugg, que operava o segundo carro da Red Bull desde o começo de 2019, é substituído por Simon Rennie para a sequência da temporada 2020.

A mudança vem poucos dias após um erro grave da Red Bull com Albon. No Q2 da Hungria, o piloto foi mandado à pista preso no tráfego, não conseguindo o tempo que precisava para ir ao Q3. A situação causou irritação no tailandês e até no amigo George Russell. A escuderia, entretanto, não confirma que a mudança seja relacionada à trapalhada.

Alexander Albon ainda busca o primeiro pódio na F1 (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Rennie chega para ajudar Albon a dar o próximo passo no desenvolvimento dentro da Red Bull. E tem experiência para isso: o engenheiro trabalhou com Mark Webber na própria Red Bull em 2013 e, fazendo bom trabalho, foi mantido com Daniel Ricciardo de 2014 a 2018. Juntos, os dois desenvolveram grande relação. Entretanto, Simon optou por assumir novo posto na fábrica de Milton Keynes, abrindo caminho para Lugg em 2019, já com Pierre Gasly como piloto.

Rennie tem como missão acabar com a grande disparidade de resultados entre os dois carros da Red Bull. Enquanto Verstappen conseguiu duas vitórias e 11 pódios de 2019 para cá, Gasly e Albon juntos mais do que três quatro lugares no mesmo período enquanto pilotos em Milton Keynes.

A próxima etapa da Fórmula 1 em 2020 é o GP da Inglaterra. A corrida acontece neste fim de semana, abrindo rodada dupla em Silverstone.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube