Diretor aposta em Alpine na briga por vitórias a partir de 2022: “Talvez ganhe uma ou outra”

A Alpine fez grandes mudanças dentro e fora das pistas da Fórmula 1 para 2021. O diretor-executivo Luca de Meo, no entanto, espera que os resultados cheguem apenas em 2022 e sonha até mesmo com vitórias

Luca de Meo, novo diretor-executivo da Renault, está confiante de que a Alpine vai fazer bom trabalho na Fórmula 1. Talvez não na primeira temporada em 2021, mas sim em 2022, já com o novo regulamento da categoria.

O dirigente ressaltou, em entrevista ao jornal alemão Frankfurter Allgemeine, que está conduzir a equipe a uma reestruturação completa para 2022, quando a F1 abre espaço para o novo regulamento, com mudanças severas nos carros e redução de downforce.

“Tudo isso deve resultar, depois deste ano de transição, em uma equipe que vai subir regularmente nos pódios e talvez ganhe uma corrida ou outra”, afirmou De Meo.

Fernando Alonso é a grande novidade da Alpine para 2021 (Foto: Renault)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Para 2021, a Alpine já fez grandes mudanças para dentro e fora das pistas. A principal delas foi a chegada de Fernando Alonso, bicampeão mundial de F1, para a vaga de Daniel Ricciardo e para correr ao lado de Esteban Ocon.

Na garagem, o time também conta com novidades. Após seis anos, Cyril Abiteboul deixou o cargo de diretor-executivo da divisão esportiva da Renault, sendo substituído por Laurent Rossi. David Brivio, ex-chefe da Suzuki na MotoGP, assumiu como diretor de corridas da Alpine na F1.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube