Diretor compara Alpine com Ferrari e promete ficar na Fórmula 1 “eternamente”

Uma nova Ferrari? É quase isso que Luca de Meo, diretor-executivo, quer que a Alpine seja: uma marca que tenha a Fórmula 1 como inseparável

A Alpine só estreia na Fórmula 1 no final desta semana, no GP do Bahrein, mas já faz juras de amor à categoria e até se compara com a Ferrari, marca mais famosa a competir no Mundial.

A empolgação vem por parte de Luca de Meo, diretor-executivo do time francês. Em entrevista coletiva realizada na última segunda-feira (22), o dirigente prometeu que a Alpine ficará na F1 por muito tempo, já que é o principal foco do braço competitivo da Renault.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A Alpine estreia na F1 com Esteban Ocon e Fernando Alonso (Foto: Alpine)

“Como Renault, é verdade que tivemos idas e vindas, mas sempre estivemos lá, 44 anos, seja como fornecedora de motor, chassi, com nossa marca. E eu não quero ser quem acaba com isso após 44 anos de história. Não serei esse cara”, começou de Meo.

“Então, enquanto eu estiver aqui, ninguém que trabalha com a Fórmula 1 precisa se preocupar, apenas criar um modelo que dê lucro, vencer corridas… E fazer a marca ter uma boa imagem. Uma das mensagens que tento passar é que a Alpine estará eternamente na F1. Porque a F1 é a espinha dorsal da Alpine. Está no centro de tudo da companhia”, continuou.

De Meo ainda comparou a Alpine à Ferrari, em termos de importância que dá à categoria: “Se você tira o braço esportivo da Ferrari, a marca se torna outra coisa. Aqui é o mesmo.”

“Somos uma mini Ferrari, e humildemente digo que é uma mistura de uma mini Ferrari com uma mini Tesla, porque vamos propor carros elétricos ao consumidor. É uma grande oportunidade de experimentar”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube