Diretor da Caterham confirma que carro da próxima temporada vai ser baseado no CT01

Ainda desenvolvendo o carro desta temporada, Mark Smith, diretor-técnico, confirmou que a Caterham vai fazer poucas mudanças no projeto para o próximo ano e que, por isso, será possível começar o trabalho mirando 2013 um pouco mais tarde

Fazendo uma temporada acima do esperado pelos dirigentes da equipe, a Caterham pretende atrasar um pouco o início do projeto do carro da próxima temporada. Mesmo acima das principais concorrentes, Marussia e HRT, e abaixo das equipes do meio do grid, como a Toro Rosso, o diretor-técnico Mark Smith confirmou que a base do projeto de 2013 será o carro deste ano.

"Estamos fazendo o carro 2013 usando muito do desenvolvimento do carro atual", disse Smith ao ‘ESPNF1’. "Então, não há uma mudança fundamental no que estamos fazendo e, portanto, nós vamos desenvolver o carro de 2013 um pouco mais tarde neste ano”, explicou.

Caterham não vai fazer grande alterações no projeto do carro para próximo ano (Foto: Caterham/Facebook)

O dirigente contou que a Caterham levou um grande pacote de atualizações ao GP da Inglaterra, incluindo um novo sistema de escape, mas que o impacto no carro não foi o esperado. Por isso, ele confia que a equipe vai melhorar a questão do desenvolvimento na segunda metade da temporada.

"Obviamente, o sistema de escape é uma característica fundamental neste processo, e não que fosse uma novidade para nós, mas você tem que estar ciente que quaisquer perdas de desempenho, bem como quaisquer ganhos de desempenho, estão dentro do mesmo pacote”, afirmou.

"Esse sistema não teve sucesso na Hungria, mas [as pistas] Spa [na Bélgica] e Monza [na Itália] são totalmente diferentes, por isso estamos trabalhando em desenvolvimentos para reduzir as perdas que o sistema pode ter daqui para frente, dando especial atenção a essas corridas”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube