Diretor da Force India não deseja ver “animosidade” entre pilotos após acidente durante GP de Abu Dhabi

Paul di Resta e Nico Hülkenberg acabaram se tocando ainda na primeira volta da corrida e o alemão acabou deixando a prova. O diretor Bob Fernley não quer ver discussões e espera que o assunto esteja encerrado

Na última semana, o mercado tratou de dar uma má notícia aos dirigentes da Force India: Nico Hülkenberg acertou sua ida para a Sauber no próximo ano, deixando uma vaga na equipe em aberto. E quem criticou a saída do piloto foi Paul di Resta, companheiro do alemão na equipe. Segundo algumas notícias, o clima na equipe, por conta das declarações do escocês, está pesado nessa reta final do campeonato.

Na largada do GP de Abu Dhabi, os dois acabaram se tocando, junto com Sergio Pérez, e Hülkenberg acabou abandonando a prova ainda na primeira volta, enquanto Di Resta teve que ir aos boxes para trocar um pneu furado. Bob Fernley, diretor da equipe, não quer ver brigas ou discussões entre os dois com duas provas para o fim da temporada.

Paul di Resta e Nico Hülkenberg bateram logo na largada do GP de Abu Dhabi (Foto: Force India)

“A única coisa a fazer é descobrir o que aconteceu, como, o motivo, apertar as mãos e se certificar de que não vai voltar a acontecer”, disse o dirigente ao site da revista ‘Autosport’. “Do ponto de vista da equipe, é um pecado mortal tocar em seu próprio companheiro de equipe”, continuou.

“Mas já aconteceu e vamos esquecer isso. Não deve haver nenhuma animosidade, que é fundamental. Isso acontece. Não seremos a primeira equipe e nem vai ser a última vez que vai acontecer”, explicou. “Mas é, obviamente, lamentável porque acho que poderíamos ter uma boa prova com os dois carros. Mas nós temos que estar satisfeitos, já que recuperamos alguma coisa [Di Resta foi nono] com isso”, finalizou.

Com o ponto conquistado, a Force India foi para 95 e ainda segue com chances de ser sexta colocada no campeonato de construtores. Atualmente, a posição é ocupada pela Sauber, que soma 126.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube