Diretor da McLaren descarta abandonar desenvolvimento do carro atual e acha que é cedo para mudar foco para 2016

Apesar do pedido de Fernando Alonso, a McLaren Honda não pretende abandonar o projeto deste ano. Ainda não. E quem garantiu foi Jonathan Neale, diretor de operações da equipe inglesa. O engenheiro entende que o carro precisa evoluir mais e que, portanto, é cedo para mudar o foco

A McLaren Honda garantiu que não tem qualquer intenção de abandonar o projeto deste ano e passar a se concentrar no carro para temporada 2016 da F1. A informação é de Jonathan Neale, diretor de operações da equipe inglesa.

Fernando Alonso e Jenson Button vêm lutando contra os constantes problemas de confiabilidade dos motores japoneses. No GP da Áustria, disputado há quase duas semanas, os dois tomaram uma punição extrema pela mudança das unidades — juntos, perderam 50 posições no grid. Esse foi o último de uma série de reveses da McLaren neste ano. Até o momento, a esquadra possui apenas quatro pontos, conquistados pelo inglês, ainda na etapa em Mônaco.

Jonathan Neale, da McLaren, descarta mudança de foco (Foto: Getty Images)

No mês passado, Alonso chegou a sugerir que o time já comece a pensar no carro de 2016. Porém, Neale tem outra percepção. Para o engenheiro, como não há mudanças extremas nas regras, ainda vale investir no desenvolvimento do projeto atual.

"É muito cedo para considerar uma mudança e passar a focar no próximo ano, especialmente por causa das regras", afirmou o inglês à revista 'Autosport'. "Ainda há um longo caminho até o próximo ano, mas nós vamos trabalhar muito até a última corrida, enquanto pensamos em 2016", completou.

"Elementos como asa dianteira, traseira, assoalho e freios, quer dizer, ainda precisamos trabalhar e desenvolver muito. Portanto, com isso em mente, temos de continuar a investir nesta temporada", acrescentou.

Mesmo diante possíveis alterações significativas para 2017, Neale entende que o esforço da McLaren será recompensado. "As regras vão evoluir até 2017. Apesar de não sabermos qual será o regulamento, temos certeza será uma mudança grande e temos de nos preparar para isso", finalizou.

 

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

AINDA TEM MUITO QUE EVOLUIRDiretor da McLaren descarta abandonar desenvolvimento do carro atual e acha que é cedo para…

Posted by Grande Prêmio on Quinta, 2 de julho de 2015

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube