Diretor da Pirelli acredita que maior parte das equipes optará por estratégia de três paradas na China

Pela primeira vez na temporada 2013, a Pirelli vai entregar às equipes os compostos médios e macios, numa pista onde o desgaste não deve ser tão intenso quanto o registrado na Malásia, há três semanas

Para o GP da China do próximo fim de semana, as equipes terão à disposição os compostos médios e macios fabricados pela Pirelli, fornecedora exclusiva de pneus da F1 – uma combinação inédita no ano. E, no circuito de Xangai, Paul Hembery, diretor-esportivo da marca italiana, acredita que a estratégia dominante no terceiro GP de 2013 será de três paradas, com alguns times optando por parar somente duas vezes nos boxes.

“A China já produziu algumas das melhores corridas dos campeonatos, em que a estratégia esteve na linha de frente da ação”, declarou Hembery. “Com os compostos estando mais macios neste ano, a degradação está mais extrema neste ano, mas a história mostra que os times nunca demoraram muito para aprender a controlar isso”, continuou.

Paul Hembery comentou a escolha de pneus feita pela Pirelli (Foto: Pirelli/ Lorenzo Bellanca/ LAT Photographic)

Menos agressiva e cruel com os pneus do que a pista da Malásia, a de Xangai deve contar com uma rodada de pit-stops a menos durante as corridas. “Eu esperaria ver a maioria dos competidores indo para três paradas, se bem que alguns podem tentar duas”, opinou.

Na edição de 2012 do GP da China, Nico Rosberg desencantou e venceu pela primeira vez na F1, na que foi também a primeira vitória da Mercedes nesta passagem pela categoria máxima do automobilismo. “Eles foram capazes de tirar o máximo dos pneus desde o início do fim de semana e surpreenderam. Isso mostra exatamente o que é possível fazer com um gerenciamento correto dos pneus neste ponto da temporada”, encerrou Hembery.

A Pirelli levou, para o GP da Austrália de 2013, os compostos médios e supermacios. Uma semana depois, na Malásia, entregou aos times os compostos duros e médios. Na quarta etapa do Mundial, marcada para 21 de abril, serão usados pneus dos tipos duro e macio.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube