Diretor de prova rebate Verstappen e diz que “pilotos foram avisados sobre limites de pista”

Após comentário de Verstappen sobre a anulação de sua volta mais rápida por conta dos limites de pista, Michael Masi, diretor de prova da Fórmula 1, rebateu o holandês e relatou que pilotos e equipes já sabiam da adição da curva 14 na regra

Lewis Hamilton conquistou a vitória 97 na F1: assista aos melhores momentos do GP de Portugal (Foto: GRANDE PREMIO com Reuters)

Não é de hoje que os limites de pista têm dado dores de cabeça na Fórmula 1. Desde a primeira etapa no GP do Bahrein, a confusão forçou os comissários a deixarem as regras mais claras para o GP de Emília-Romanha e o GP de Portugal. No entanto, neste domingo (2), Max Verstappen fez um comentário irônico ao final da corrida sobre sua volta mais rápida anulada – que acabou deixando o ponto extra a Valtteri Bottas.

Verstappen tinha feito 1min19s849 porém, por ultrapassar os limites de pista na curva 14, teve sua marca invalidada. Bottas, por sua vez, fez 1min19s865 e liderou o ranking de voltas mais rápidas. Após a declaração do holandês de que era “um pouco estranho” a decisão sobre seu resultado, Michael Masi, diretor de prova da F1, explicou que a vistoria na curva 14 já havia sido avisada às equipes e aos pilotos.

“Depois de uma revisão do que aconteceu na sexta-feira, a curva 14 não era um problema em 2020, mas se tornou um em 2021,” disse Masi. “Como resultado, informei a todos os pilotos sobre até onde eles poderiam usar a zebra vermelha e branca, de maneira semelhante à curva 5.”

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Max Verstappen chegou a anotar 1min19s849 como a volta mais rápida, mas o resultado foi anulado (Foto: AFP)

Vale ressaltar que, até a última quinta-feira (29), os limites de pista seriam impostos nas curvas 1, 4 e 15. Na sexta-feira (30), a direção de prova informou todas as equipes que acrescentaria a curva 5 na regra. E foi no sábado de manhã (01) que a F1 decidiu também delinear que as violações na curva 14 também seriam avaliadas.

A respeito da volta de Verstappen, Masi não hesitou em explicar o porquê da eliminação: “Olhando para isso após a corrida, ficou muito claro que Max estava fora da pista e mais rápido naquele setor do que qualquer um, fazendo a volta mais rápida da corrida.”

Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull, chegou a declarar que os limites de pista têm “sido um pouco brutais para nós [Red Bull] nas três primeiras etapas”, apontando para o resultado no Bahrein e Portugal. Com Verstappen figurando o terceiro pódio seguido, o piloto chega a 61 pontos no campeonato, oito atrás do líder Lewis Hamilton.

A próxima etapa da F1 é já nesta semana. A categoria vai para Barcelona, casa do GP da Espanha.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube