Diretor diz que McLaren conduziu investigação “transparente e aberta” sobre acidente de Alonso: “Nada a esconder”

O diretor esportivo da McLaren, Éric Boullier, defendeu a equipe das críticas que vem sofrendo pela falta de informações no caso da batida de Fernando Alonso no último teste da pré-temporada da F1, em Barcelona. Segundo o diretor do time de Grove, a falta de informações acontece porque a equipe não achou a causa do acidente e porque os dados médicos do piloto são confidenciais


O diretor esportivo da McLaren, Éric Boullier, reforçou durante a coletiva oficial da FIA após os treinos livres desta sexta-feira (13), que a equipe não está escondendo – e nem tem o que esconder – qualquer informação do caso Fernando Alonso.
 
Segundo Bollier, no entanto, a falta de informações se dá porque nada estranho foi encontrado no carro para ser motivo da batida e porque os dados médicos do piloto não são liberados para o público – apenas para médicos. E voltou a garantir que a McLaren não tem o que esconder.
Kevin Magnussen está substituindo Fernando Alonso (Foto: Getty Images)
"Primeiro nos importamos com Fernando sendo tratado pelos médicos e, até onde eu sei, é uma coisa pessoal, então ninguém tem acesso aos arquivos médicos, exceto os médicos. A segunda coisa é que tecnicamente, no carro, conduzimos toda a investigação de forma muito transparente e aberta com a FIA", disse.
 
"Em tudo que fizemos até agora, não achamos nada errado ou o que tenha implicado no acidente. Ainda estamos procurando por mais investigações, mas demos nossa análise à FIA e estamos trabalhando com eles. Nada mais pode ser dito sobre isso. Não temos nada a esconder", seguiu.
 
O diretor ainda disse que os exames e testes feitos pelo espanhol estão agradando os médicos, mas que são os especialistas da FIA que vão definir se Alonso está ou não recuperado da concussão e poderá disputar o GP da Malásia. Na Austrália, neste final de semana, ele será substituído por Kevin Magnussen.
 
"Qualquer informação médica fica no campo médico. Temos um médico na McLaren que acessa as informações, mas isso não é público. Até onde sabemos, os doutores estão felizes com todas as checagens e tudo que tem sido conduzido com Fernando. A única coisa é que a decisão final para Fernando voltar é dos médicos da FIA", encerrou.
 
Enquanto Alonso não viaja, a McLaren vai tentando encontrar suas soluções na pista. Os primeiros treinos livros no Albert Park não foram muito impressionantes, com a equipe andando nas últimas colocações.

As imagens da sexta-feira do GP da Austrália
#GALERIA(5242)

SOBRANDO NA TURMA

A Mercedes comandou com grande facilidade o segundo treino livre nesta sexta-feira (13) em Melbourne, palco da abertura da temporada 2015 da F1 . Nico Rosberg de novo foi o mais veloz e fechou o dia com uma diferença de 0s1 para o companheiro Lewis Hamilton, o segundo colocado da tabela. Felipe Massa não treinou por causa de um vazamento de água em sua Williams. Já Felipe Nasr teve a chance de finalmente andar com a Sauber e foi o 11º

QUEM É QUEM

Na terceira parte do Guia F1 2015, o GRANDE PRÊMIO faz um raio-X de cada uma das dez equipes do grid para o Mundial que começa neste fim de semana na Austrália, na pista de Melbourne, e que marca a 66ª temporada da história da F1.

O especial também traz as fichas completas dos 22 (!!!) pilotos que vão disputar o título mundial nas 19 ou 20 corridas previstas pelo calendário deste ano. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube