Diretor promete trabalho duro pelo título e pede que Ferrari não “entre em pânico”: “Alonso ainda lidera”

Animado com o ritmo da equipe nos treinos livres para o GP da Coreia, Massimo Rivola afirma que desempenho do F2012 com os pneus macios é muito bom e diz que pilotos vão ser competitivos no circuito de Yeongam

O desempenho da dupla da Ferrari durante as duas sessões de treinos livres no circuito de Yeongam deixou Massimo Rivola, diretor esportivo da equipe, animado com o ritmo de corrida apresentado pelos dois, apesar de a Red Bull ter dominado a segunda atividade com certa folga. Fernando Alonso foi o terceiro e Felipe Massa ficou no sexto posto.

“Foi um dia muito bom. O ritmo de corrida me pareceu muito bom com o pneu macio, já com o supermacio o carro esteve bem. Obviamente, a questão da degradação e a formação de bolhas [nos pneus] pode ser um problema, mas é o mesmo para todos. E parecemos muito competitivos com os pneus macios”, elogiou.

Dirigente da Ferrari confia na manutenção da liderança de Alonso (Foto: Ferrari)

Apesar de ter visto a vantagem de 40 pontos que Alonso tinha ser reduzida para quatro após o GP do Japão, o dirigente acredita que a Ferrari não deve mudar a abordagem que adotou quando assumiu a liderança do campeonato. “A abordagem não muda. A situação ainda é a mesma em termos de tentar tirar o máximo do carro”, explicou.

“Nós vamos continuar trabalhando duro na fábrica para trazer novas atualizações no carro. Obviamente, não temos que exagerar e entrar em pânico. Fernando ainda é líder, então o carro é competitivo – e não o mais rápido, como nós sabemos”, afirmou.

Rivola acredita que os acidentes em que Alonso envolveu-se na Bélgica e no Japão, quando deixou a prova ainda na primeira volta, foram responsáveis pela queda drástica na vantagem na tabela. “Eu creio que, se não fossem os dois abandonos, que estão fora de nosso controle, o campeonato seria diferente agora. E Alonso estaria quase 40 pontos na frente. Seria diferente, mas esse tipo de coisa também pode acontecer com os outros”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube