Diretor-técnico da Ferrari nega diferença de velocidade entre Räikkönen e Vettel e avalia: “É que Sebastian nunca erra”

Diretor-técnico da Ferrari, James Allison afirmou que não há diferença de velocidade entre Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel, mas que o finlandês comete mais erros que o companheiro de equipe. Dirigente avaliou que a escuderia italiana pode reduzir o atraso em relação à Mercedes na segunda metade da temporada 2015

Diretor-técnico da Ferrari, James Allison não vê diferença de velocidade entre Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel, mas acredita que o alemão comete menos erros do que o companheiro de equipe. Ao longo de 2015, o tetracampeão somou 135 pontos, 59 a mais que o finlandês.
 
De acordo com Allison, Vettel cometeu um único erro na temporada, quando escapou da pista na última curva da 36ª volta do GP do Bahrein, enquanto Kimi erra mais, especialmente na classificação.
Diretor-técnico da Ferrari acredita que é possíl reduzir atraso em relação à Mercedes (Foto: Getty Images)
Falando à revista italiana ‘Autosprint’, Allison fez uma avaliação da temporada de Räikkönen afirmou que o campeão de 2007 não é mais lento que o companheiro de equipe.
 
“Não tem diferença de velocidade entre ele e Sebastian. Às vezes Kimi é mais rápido, outra vezes é o Seb”, indicou. “A diferença é que Sebastian nunca, ou quase nunca, comete erros. Neste ano, só no Bahrein nós vimos que ele também pode errar”, explicou.
 
“Mas, exceto aquele fim de semana, ele praticamente não cometeu nenhum erro. Kimi, por outro lado, especialmente na classificação, teve mais deslizes”, apontou. “Eu diria a mesma coisa se Kimi estivesse aqui e acho que ele aceitaria isso. Às vezes você só precisa de um pequeno erro para arruinar um fim de semana, mas a velocidade está lá. Kimi também sabe disso”, assegurou.
 
 Além disso, o dirigente também se mostrou confiante na capacidade da Ferrari de reduzir a diferença em relação à Mercedes. Mesmo vendo o triunfo de Vettel na Malásia como ponto alto da temporada, Allison ponderou que o triunfo “talvez” tenha vindo cedo demais e aumentado a expectativa.
 
“Você certamente não pode recusar uma vitória quando ela aparece. O GP da Malásia foi um dia incrível, voltar às vitórias nos deu um grande empurra e agora mal podemos esperar para viver isso outra vez”, comentou. “Se eu olhar para o que nós fizemos desde o início da temporada, vejo que nosso trabalho produziu grandes resultados”, opinou.
 
“Nós melhoramos 1s5 por volta graças ao desenvolvimento feito no carro e na unidade de potência”, exaltou. “Se eu puder apostar no que vai acontecer na segunda metade da temporada, então acredito que vamos reduzir o atraso em relação à Mercedes e vamos ser melhores que a Williams”, completou.
 
Na mesma entrevista, Allison negou que esteja com sua posição na Ferrari ameaçada por conta da evolução estacionada do SF15-T em relação aos seus pares no grid.
 
“Primeiro, tenho um contrato que me liga a esta empresa por muitos anos. E em segundo, eu voltei a esta equipe para repetir a experiência vencedora porque é um sentimento único. Eu provei isso enquanto era um jovem engenheiro, e foi incrível vencer cinco títulos mundiais”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube