Diretor-técnico da Williams elogia ‘impressionante’ Kubica e ressalta que teste em Abu Dhabi é para avaliar lesões

Robert Kubica segue sendo pautas de discussões na F1. Neste sábado, Paddy Lowe, diretor-técnico da Williams, não poupou elogios ao "impressionante" polonês, e afirmou que os testes realizados em Abu Dhabi servirão para avaliar as lesões no braço do competidor e como afetam sua habilidade de comandar um carro da F1

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O nome de Robert Kubica segue na boca de diversas personalidades da F1. Agora foi a vez de Paddy Lowe, diretor-técnico da Williams, comentar sobre o polonês. O britânico ressaltou o grande cara que é o piloto e admitiu que os testes de pneus Pirelli na próxima semana são para ver a forma física.
 

O time de Grove anunciou na última semana que Kubica fará parte as atividades , em Abu Dhabi, que acontece nos dias 28 e 29 de novembro. Paddy reconheceu que as atividades servirão para avaliar a extensão das lesões do competidor.
 
“Robert é um cara impressionante. Todos nós vimos como ele se saiu na F1 no passado, é um ótimo piloto, muito profissional, comprometido, entusiasmado, bastante inteligente. Ele tem um prospecto animador, é por isso que estamos olhando para ele”, disse.
 
“Estamos em um processo com Robert, que é avaliar como suas lesões terão um impacto em sua habilidade de pilotar um carro da F1, simples assim. Até agora tem sido tudo bem, é tudo o que eu diria. Corremos com um carro de 2014 e não houve problemas, então acredito que veremos como se sai na próxima semana e tomamos nossa decisão”, seguiu.
Robert Kubica irá correr em Abu Dhabi (Foto: Renault)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Ele completará um programa normal de atividades e no processo poderemos responder estas questões”, completou.
 

Lowe também comentou que a Williams fará um julgamento objetivo do desempenho do polonês, sem se deixar levar por comentários de outras pessoas. “Muitas pessoas dizem como seria ótimo ter Kubica de volta à F1, veremos”, disse.
 
“É importante ser objetivo no que fazemos. Existem outros pilotos em consideração, mas nós sabemos como eles correm, pois eles estiveram competindo, temos muitos dados de corridas”, encerrou.
 
Apesar de tantas especulações, já é sabido que Robert Kubica assumirá a vaga de Felipe Massa na equipe de Sir Frank Williams a partir de 2018. No último dia 14, o Diário Motorsport, parceiro do GRANDE PRÊMIO, noticiou com exclusividade que o acordo entre o time e o piloto já está fechado, faltando apenas o anuncio oficial.
“CHORAVA COMO UM BEBÊ”

FÉLIX DA COSTA REVELA TRISTEZA APÓS PERDER CHANCE NA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube