Domenicali afirma que Red Bull tem melhor carro do grid, mas vê Ferrari na luta pelo título

Chefe de equipe da Ferrari, Stefano Domenicali destacou, além da Red Bull, Mercedes, que “subiu um degrau”, e também a “muito competitiva” Lotus. Mas, em seu ponto de vista, a escuderia de Maranello também vai brigar pela taça em 2013


Depois de duas etapas já disputadas na temporada 2013 do Mundial de F1, Stefano Domenicali, chefe de equipe da Ferrari, entende que ainda não é possível definir uma ordem de forças neste princípio de campeonato. Muito por conta do desempenho dos novos pneus Pirelli, que contribuem muito para o potencial de cada equipe. O comandante do time de Maranello, no entanto, tem duas certezas: a Red Bull, no momento, tem o carro mais rápido do grid e a Ferrari vai lutar pelo título neste ano.

“Não sei exatamente onde, mas certamente estamos entre os líderes”, disse o dirigente italiano em entrevista publicada no site da ESPN britânica. “Há pistas onde o nosso carro vai andar melhor; certamente haverá outras pistas onde alguns outros carros vão andar melhor que os nossos”, avaliou.
Domenicali diz que a Ferrari de Massa e Alonso vai brigar pelo título em 2013 (Foto: Ferrari/ Studio Colombo)

“Certeza que a Red Bull, no meu ponto de vista, ainda é a mais forte no momento, mas vamos ver. A Mercedes subiu um degrau, a Lotus é muito competitiva. Será uma temporada interessante e desafiadora, mas vamos estar lá, sem dúvidas”, garantiu Domenicali, que não mencionou a McLaren, equipe que sofre com um projeto mal nascido neste princípio de Mundial e que somou apenas quatro pontos em duas corridas.

O chefe da Ferrari lembrou também que a performance dos novos pneus ajudou a tornar mais apertada a disputa interna nas equipes, como na escuderia italiana, entre Fernando Alonso e Felipe Massa. O brasileiro vem se destacando neste começo de temporada, classificando-se à frente do seu companheiro de equipe nas duas primeiras corridas desta temporada da F1.

Domenicali disse que não é fácil gerir uma equipe com dois pilotos fortes e muito competitivos, como a Ferrari nos dias de hoje. Mas o dirigente sugeriu que, na Ferrari, o confronto interno será levado com “maturidade”.

“Certamente, isso não é fácil, você pode ver o que está acontecendo em outras equipes. Isso é algo que, do ponto de vista geral, faz parte da competição. É parte daquilo que cada piloto acredita que ele é o mais forte, e é bom que seja assim. E faz parte da maturidade dos pilotos que estão trabalhando na Ferrari entender isso”, finalizou.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube