Domenicali minimiza rumores sobre retorno de Räikkönen e diz: “Não estamos com pressa”

Stefano Domenicali, chefe da Ferrari, minimizou os rumores sobre a volta de Kimi Räikkönen e afirmou que não tem pressa para definir companheiro de Fernando Alonso

Stefano Domenicali, chefe da Ferrari, quebrou o silêncio sobre os rumores que apontam para a volta de Kimi Räikkönen à equipe de Maranello. O dirigente afirmou que as notícias não passam de boatos e descartou a contratação do finlandês e de Jenson Button, que também chegou a ser apontado como substituto de Felipe Massa.
 

Domenicali afirmou que Ferrari não tem pressa para definir companheiro de Alonso (Foto: Ferrari)


“Kimi foi campeão Mundial conosco e eu vi os rumores, mas não é nada além disso”, disse Domenicali ao jornal inglês ‘The Sun’. “Acho que esses pilotos têm contratos com outros times. E nós não estamos com pressa”, garantiu.

Domenicali também falou sobre a filosofia da Ferrari na hora de escolher sua dupla de pilotos. O dirigente destacou que há muitos anos o time reúne um grande campeão com um piloto que consiga acompanhar o ritmo do parceiro.

“Sempre foi a filosofia da Ferrari ter um grande campeão e aí um piloto muito bom próximo a ele”, explicou ao canal germânico Sky.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube