Domingo de F1 tem queda de temperatura e ameaça de tempestade de areia no Bahrein

A queda brusca de temperatura que se observou no fim da noite de sábado determinou a mudança climática também para o domingo no Bahrein, palco da prova que abre a temporada 2021 da Fórmula 1. Até mesmo autoridades locais apontam o risco de tempestade de areia em razão dos fortes ventos ao longo de todo o dia

Confira como foi o sábado de classificação da F1 no Bahrein (Crédito: Reuters/Grande Prêmio)

O forte calor que se observou nas atividades de pista em Sakhir na sexta-feira e no sábado ficou para trás. Desde a manhã deste domingo (28), o palco da prova que vai abrir a temporada 2021 da Fórmula 1, o GP do Bahrein, tem o clima muito mais ameno do que nos dias anteriores, mudando completamente o cenário para a corrida de logo mais, 18h pelo horário local (12h de Brasília). Os ventos fortes vão dar o tom desde as primeiras horas da manhã e trazem com eles o risco iminente de tempestades de areia, o que foi apontado até mesmo por autoridades locais.

O sábado, por exemplo, foi o dia mais quente do fim de semana da Fórmula 1. No treino livre 3, realizado no período da tarde, a temperatura ambiente registrada foi de 39ºC e 46ºC no asfalto. E mesmo durante a noite o calor não arrefeceu, com os termômetros apontando 30ºC de temperatura ambiente.

Foi no fim da noite que o jogo virou e a temperatura caiu bruscamente. Embora houvesse o risco de tempestade de areia também no sábado, tal cenário não se confirmou, mas o domingo representa uma ameaça maior em razão dos ventos fortes que vão dar as caras ao longo de todo o dia.

BAHREIN; SAKHIR; GP DO BAHREIN; F1
Previsão da meteorologia para o domingo em Sakhir é de clima mais ameno e ventos fortes (Foto: Bahrain International Circuit)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Segundo o site especializado Free Meteo, a meteorologia aponta, para o início da noite barenita, quando a corrida tiver início, temperatura ambiente de 20ºC, que vai variar para até 21ºC ao longo da prova.

Mas a maior preocupação é mesmo sobre os ventos. Ainda no período da tarde, quando a temperatura ambiente prevista é de 23ºC, a meteorologia prevê ventos fortes e rajadas de até 50 km/h soprando na direção Sudeste. Mesmo com a chegada da noite, muda muito pouco na região do circuito de Sakhir, que vai registrar ventos de até 46%. A umidade relativa do ar prevista é de 54% durante o horário da corrida. E se há possibilidade real de a pista ser atingida por tempestade de areia, não há a menor chance de chuva nas próximas horas no Bahrein.

Grande nome do fim de semana até agora, Max Verstappen vai largar na pole-position do GP do Bahrein logo mais, tendo ao seu lado Lewis Hamilton, no duelo previsto desde a pré-temporada entre Red Bull e a Mercedes, com os taurinos levando vantagem neste princípio de campeonato. Valtteri Bottas, também da equipe anglo-alemã, vai partir da terceira posição do grid e terá ao seu lado, na segunda fila, Charles Leclerc, com uma Ferrari que surpreendeu na classificação, assim como outro grande nome do sábado, Pierre Gasly, com a AlphaTauri.

Outra boa surpresa foi a presença de Fernando Alonso, da Alpine, em nono lugar. Sergio Pérez, da Red Bull, vai largar só em 11º, enquanto Sebastian Vettel vai iniciar a corrida só à frente dos carros da Haas e largará atrás até mesmo da Williams de Nicholas Latifi, tendo sua primeira posição de grid no ano em 18º.

O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL o GP do Bahrein de Fórmula 1. Antes, a partir de 11h (de Brasília), a GP TV, o canal do GP no YouTube, faz a transmissão do BRIEFING, programa ao vivo que vai trazer as perspectivas para a primeira corrida da temporada e discutir as últimas informações vindas de Sakhir.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube