“É difícil, é uma decisão dura”: Vettel defende corridas com portões fechados em 2020

O alemão entende a complicada situação que a Fórmula 1 enfrenta na atual temporada em meio a pandemia do coronavírus. Apesar de saber que alguns sacrifícios serão necessários, ainda mostra preocupação com o bem estar geral, desde equipes até fãs

Sebastian Vettel mostrou preocupação com a atual situação da Fórmula 1. Deixando clara sua vontade de voltar para o carro, entende que o cenário é muito mais complicado do que o que gostaria e apontou que também é preciso pensar em todos os envolvidos.
 
A pandemia do coronavírus afetou diretamente o calendário da categoria. As primeiras nove etapas do campeonato foram canceladas ou adiadas, com o GP da França, possível palco da abertura de 2020, também sendo dúvida.
 
O alemão entende serão necessárias mudanças para 2020, mas há sempre o limite. “Provavelmente vamos ter mais corridas, mas o limite deveriam ser as pessoas. Deve-se respeitar que precisam de um descanso, não é realista ter dez finais de semana seguidos de corrida”, disse.
Sebastian Vettel (Foto: Ferrari)
Os organizadores do GP da Áustria, previsto para 5 de julho, mostraram estarem abertos para a possibilidade de uma corrida com portões fechados. Sobre o tema, o tetracampeão afirmou que “provavelmente as primeiras corridas vão ser comprometidas se comparado com o que estamos acostumados, mas espero que não muito.”
 
“É óbvio que queremos correr de uma maneira em que estamos acostumados. Ou seja, na frente de multidões, dos fãs, com uma grande atmosfera. Veremos. É muito difícil, é uma decisão muito dura”, seguiu.
 
“Tem a saúde do esporte, do ponto de vista do negócio, mas também tem a responsabilidade com quem trabalha no paddock e, mais importante, com os fãs. Muitas pessoas assistem nossas corridas. Precisamos estar seguros de que cuidamos tanto deles quanto de nós mesmos”, concluiu.
 

Paddockast #57
MARIANA BECKER e os bastidores da F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 

☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

assine agora