Ecclestone admite que imagina Vettel fora da Red Bull, mas não necessariamente na Ferrari

O chefão da F1, Bernie Ecclestone, tornou a defender Sebastian Vettel e disse que as pessoas o veem como algo que ele não é desde o GP da Malásia e a polêmica do ‘Multi 21’ com Mark Webber

Sebastian Vettel deve sempre procurar correr por times nos quais possa vencer, ou seja, não pode ver a Ferrari como um caminho natural para o momento em que quiser sair da Red Bull. É o que diz o chefão da F1, Bernie Ecclestone.

O alemão é ligado há tempos a uma mudança para a escuderia de Maranello, e o dirigente supremo da F1 entende que esse é um sonho de todos os pilotos. Porém, Ecclestone pensa que isso não deve ser tratado como uma prioridade: conquistar títulos é sempre mais importante.

Sebastian Vettel conversa com Bernie Ecclestone antes da corrida em Abu Dhabi (Foto: Getty Images)

“Ele é jovem e não vai ficar para sempre onde está. O problema é que todos os pilotos querem terminar suas carreiras na Ferrari, o que não é bom. Acho que ele deve ir para um time que possa ajudá-lo a vencer mais títulos, e não será necessariamente a Ferrari”, disse o empresário de 83 anos sobre o piloto de 26 em entrevista ao jornal italiano ‘La Gazzetta dello Sport’.

Ainda no tema Red Bull, Ecclestone também confia na permanência a longo prazo da firma na categoria. “Dietrich Mateschitz é competitivo demais, ama corridas, gosta de quando o carro dele vence. Os sucessos dos últimos anos também significam que o time dele venceu muito mais do que alguns outros. Não só isso: onde mais ele vai conseguir uma plataforma tão boa para expor sua marca?”, analisou.

Voltando ao assunto Vettel, o dirigente defendeu o pupilo da imagem ruim que muitos criaram dele em 2013, especialmente após o controverso episódio do ‘Multi 21’ no GP da Malásia. “Ele criou essa reputação quando passou Mark Webber na Malásia. Agora, muitos o veem como uma pessoa que ele não é. Mas eu não acho que ele fez nada de errado com Mark”, argumentou.

Na ocasião, Webber liderava em Sepang quando ouviu pelo rádio a mensagem que indicava que ele e o colega deveriam apenas levar os carros para casa e celebrar a primeira dobradinha da temporada. Vettel desobedeceu, ultrapassou o australiano e ficou com a vitória na segunda etapa do Mundial.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube