Ecclestone aposta em Button “diferente” na temporada 2013: “Agora ele é o número 1 da McLaren”

Bernie Ecclestone demonstrou confiança no potencial de Jenson Button e acredita que o compatriota será ainda mais produtivo em 2013, quando, pela primeira vez desde que chegou à McLaren, não terá ao seu lado Lewis Hamilton, que se transferiu para a Mercedes

► Especial F1 2013, a temporada que vem com rótulo de imprevisível

Os dois maiores nomes do automobilismo britânico na F1 seguirão caminhos distintos em 2013. Depois de três temporadas juntos na McLaren, Lewis Hamilton e Jenson Button agora vão à luta em trincheiras diferentes: enquanto Lewis assinou contrato milionário e se transferiu para a Mercedes, Button permaneceu em Woking e agora assumiu o posto de líder da escuderia britânica.

Bernie Ecclestone, dirigente máximo da F1, considera muito positivo o novo momento da carreira de Button. Sem a ‘sombra’ de Hamilton, piloto que priorizava as atenções na McLaren, Jenson tem, na visão de Ecclestone, todas as chances do mundo para brilhar de vez. Segundo piloto mais experiente do grid, depois de Mark Webber, Button terá como seu companheiro de equipe o jovem Sergio Pérez, de 23 anos, dez a menos que o britânico.

Ecclestone entende que Button será beneficiado com saída de Hamilton da McLaren (Foto: McLaren)

“Acho que vai ser bom para Jenson, já que agora sinto que ele está no comando, enquanto antes ele poderia ter pensado que era o ‘número 2’”, disse Bernie, que deu entrevista exclusiva ao site oficial da F1, publicada nesta quarta-feira (13). “Agora ele é o ‘número 1’, e nós, muito provavelmente, veremos um Jenson diferente. Isso pode ser bom para ele”, avaliou o dirigente.

Ecclestone também não deixou de dar sua opinião a respeito dos favoritos ao título da F1 em 2013. E na visão do octogenário dirigente, a Red Bull abre 2013 como favorita. “Falei recentemente com Stefano [Domenicali], que esteve em Londres para me ver, e ele disse que espera que a Red Bull seja um perigo para eles. E eu concordo: eles são, e estão muito competitivos. E do ponto de vista da Red Bull, sua maior concorrente será a Ferrari”.

Bernie não se esquivou e também falou sobre o inusitado pedido de Lewis Hamilton, um dos queridinhos de Ecclestone. O novo piloto da Mercedes pediu uma credencial para seu cachorro, o buldogue Roscoe. Ecclestone não somente garantiu a credencial para o cão estar no grid em todas as provas do Mundial como também prometeu cuidar dele.

“Sim, ele pediu e, sim, ele vai ter. Eu sou um grande fã dos buldogues. Disse a ele que ficaria feliz por dar ao cachorro uma credencial para o grid [risos]. E que ficarei feliz em cuidar do cachorro enquanto ele estiver correndo”, brincou o poderoso chefão da F1.

 Quem vai se sagrar campeão da temporada 2013 da F1?

 Siga o Grande Prêmio no Twitter

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube