Ecclestone comemora sucesso do GP dos EUA disputado no Texas: “Foi melhor do que o esperado”

Prova no Texas marcou a volta do país ao calendário da categoria após cinco temporadas. E ele acredita que em um ótimo futuro da etapa nos próximos anos

 Quem vence a temporada 2012 da F1, Vettel ou Alonso?

A meta de Bernie Ecclestone era colocar os Estados Unidos no calendário da F1. E a prova disputada no último domingo (18) sacramentou o desejo do dirigente e o sucesso da prova, que coincidiu com a final da Nascar, foi muito comemorado por ele ao ver que mais de 250 mil pessoas estiveram no Circuito das Américas para acompanhar o final de semana da categoria em Austin.

“Foi muito melhor do que o esperado. Há 12 meses não havia se quer a expectativa de uma corrida. Tudo foi muito bom. Todos estão felizes em Austin. É bom quando você faz algo que funciona”, disse o dirigente.

O GP dos Estados Unidos de F1 foi muito elogiado por Bernie Ecclestone (Foto: Red Bull/Getty Images)

Ecclestone acredita que Austin mostrou entusiasmo com a F1 e que isso é um bom sinal para as próximas provas da categoria na pista. “É difícil conseguir um bom público para o segundo ano da corrida. Mas aqui todos estão envolvidos, o que é bom. O governador disse que teríamos um público ainda maior no próximo ano do que este ano”, comemorou.

Quem também comemorou o sucesso da prova foi Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull. “Eles fizeram um grande trabalho aqui. A pista é fantástica e os pilotos gostaram. Vimos uma boa corrida e o entusiasmo dos fãs e da cidade têm sido enorme. Foi um grande sucesso no Texas”, disse.

Se por um lado a prova no Texas foi um sucesso, por outro os Estados Unidos perderam a chance de sediar duas provas da F1 em um mesmo ano, em 2013. Com inúmeros problemas contratuais, o GP da América, nas ruas de Nova Jersey, acabou sendo adiado para 2014.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube