Ecclestone defende comportamento de Vettel na Malásia e afirma: “Sebastian não é um perdedor”

Bernie Ecclestone saiu em defesa da atitude de Sebastian Vettel no GP da Malásia e disse que tricampeão não é um perdedor. Dirigente declarou que agiria como Kimi Räikkönen e diria: ‘Sei o que estou fazendo’

Bernie Ecclestone saiu em defesa de Sebastian Vettel e afirmou que, na posição do tricampeão, também teria ignorado a ordem da Red Bull no GP na Malásia. Na parte final da prova em Sepang, a escuderia rubro-taurina pediu para que o germânico e Mark Webber mudassem o mapeamento do motor e permanecessem em suas posições, ou seja, com o australiano liderando, à frente do companheiro
 
Vettel, entretanto, não seguiu a orientação, atacou o Webber e venceu a corrida. A vitória de Sebastian resultou em um dos pódios mais apáticos da história da categoria, já que Webber deixou clara sua revolta. Ainda assim, Ecclestone acredita que o piloto alemão tomou a atitude certa. 
Ecclestone defendeu atitude de Vettel na Malásia (Foto: Red Bull/Getty Images)
“Se eu fosse Sebastian Vettel, tendo ganhado três mundiais para a equipe e alguém começa a me dar instruções pelo rádio, provavelmente faria exatamente o mesmo que Kimi Räikkönen fez em seu retorno e começaram a lhe dar instruções. Eu diria: ‘Sei o que estou fazendo’”, disse Ecclestone em entrevista à Sky Sports F1. “Eu sempre digo: me mostre um bom perdedor e eu mostrarei um perdedor. Sebastian não é um perdedor. Sebastian é um vencedor”, declarou. 
 
Apesar de algumas pessoas terem sugerido que a Red Bull suspendesse Vettel como forma de punição, Ecclestone discorda e diz que para o time não faz diferença quem seja o vencedor das corridas. 
 
“Eu não pensaria em nada semelhante. Eu diria a Sebastian: ‘No futuro, não me faça parecer um idiota’. Mas, para eles, não importa quem ganhe”, falou. “Eles querem ganhar o campeonato. Que diferença faz para eles se ganha um ou o outro?”, acrescentou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube