F1

Em Baku, Mercedes faz quarta dobradinha e chega ao melhor início de temporada de uma equipe na história

A Mercedes começou 2019 com tudo. Com a vitória de Valtteri Bottas e o segundo lugar de Lewis Hamilton em Baku, o time prateado fez a quarta dobradinha em quatro provas, estabelecendo um recorde histórico na F1 em inícios de campeonato

Grande Prêmio / GABRIEL CURTY, de São Paulo
A Mercedes segue conquistando recordes na Fórmula 1. Neste domingo (28), em Baku, após vitória de Valtteri Bottas com Lewis Hamilton em segundo, o time prateado chegou a nada menos que quatro dobradinhas em quatro corridas, estabelecendo a melhor marca da história.
 
Até o GP do Azerbaijão, a Mercedes ainda dividia o posto de melhor começo de campeonato com a Williams, que teve três 1-2 para abrir a temporada de 1992, quando nadou absolutamente de braçadas. Mas Riccardo Patrese abandonou na Espanha e, mesmo com a vitória de Nigel Mansell, a sequência foi quebrada. Curiosamente, o time de Grove também fez dobradinha na quinta prova, em Ímola.
Lewis Hamilton e Valtteri Bottas estão quebrando recordes com a Mercedes (Foto: AFP)
De quebra, a Mercedes chegou também ao grupo de times que estão com a segunda sequência mais longa de dobradinhas em qualquer época do campeonato. Apenas a Ferrari (1952 e 2002) e a própria Mercedes (2014 e 2015/16) conseguiram cinco 1-2 seguidos, o que pode ser igualado pelos comandados de Toto Wolff na Espanha.
 
A Mercedes só perdeu pontos por volta mais rápida até agora, assim, tem 173 tentos anotados em quatro corridas. A Ferrari vem com apenas 99 e a Red Bull tem 64.