Em busca de primeira vitória na F1, Pérez avisa: “Não vou guiar desesperadamente para conseguir”

Ainda em busca de sua primeira vitória na F1, Sergio Pérez afirmou que não vai pilotar como um louco para conquistar o triunfo. Mexicano comentou que Jenson Button será sua principal referência neste início de temporada

► Confira as melhores imagens da F1 nesta quinta-feira na Austrália

Uma nova fase na carreira de Sergio Pérez começa neste fim de semana, no GP da Austrália. Contratado pela McLaren, o mexicano agora defende uma das mais renomadas equipes do grid e deve ter chances mais claras de brigar por sua primeira vitória. 

Mesmo sem esconder a ansiedade por seu triunfo, Pérez afirmou que não irá guiar de maneira desesperada para atingir seu objetivo. 

Pérez estreia pela McLaren neste fim de semana na Austrália (Foto: Getty Images)
“Ainda não tenho vitórias na F1, então quero vencer, mas não vou guiar desesperadamente para conseguir essa vitória”, assegurou. “A coisa mais importante é conseguir pontuar prova após prova”, ressaltou.
 
Questionado pela revista britânica ‘Autosport’ se o GP da Austrália representa sua primeira chance de cumprir sua meta, Pérez avaliou: “É um fim de semana onde realmente não sabemos onde estamos e não sabemos ao certo o que esperar”, ponderou. “Estou bem confiante e acho que posso fazer um bom trabalho.”
 
Sergio também reconheceu que o MP4-28 ainda está onde os pilotos gostariam e reforçou que será preciso trabalhar bastante no novo bólido de Woking. “O carro em si não está onde gostaríamos e tem algum trabalho a ser feito para tirar a melhor performance dele”, resumiu o piloto. 
 
Por fim, Pérez afirmou que Jenson Button será seu padrão de comparação neste fim de semana de estreia pela McLaren. “Vou ver onde estou comparado com o Jenson”, disse. “Ele será a nossa principal referência este fim de semana, porque nos testes é bem difícil ver”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube