Em busca de recuperação, Haas descarta desenvolver carro de 2021 e já foca em 2022

A Haas fala em voltar ao top-5 da Fórmula 1, como aconteceu em 2018, mas não em 2021. Chefe do time, Günther Steiner reconheceu que a meta está projetada para 2022, com a mudança do regulamento

A temporada 2021 da Fórmula 1 ainda nem começou, mas a Haas já vive uma situação um tanto quanto preocupante. Penúltima colocada em 2020 e com um carro próximo do nível da lanterna Williams, a equipe americana já trabalha pensando em 2022, deixando em segundo plano o campeonato que começa em março.

Chefe do time, Günther Steiner explicou que, a partir da próxima semana, a Haas já trabalhará apenas e tão somente no bólido de 2022, visando entrar pronta no primeiro campeonato com o novo regulamento. E com metas ousadas: voltar ao top-5.

“Nosso objetivo é voltar ao lugar em que estávamos em 2018, mas temos ciência de que será um ano de transição, já que, a partir da próxima semana, só vamos usar o túnel de vento para 2022. Se tudo der errado com o carro de 2021, não faremos nada”, disse à TV alemã N-TV.

Günther Steiner já admitiu que a Haas pensa em 2022, não em 2021 (Foto: Haas)

Para 2021, já que não haverá qualquer tipo de desenvolvimento no carro com a temporada em andamento, a Haas segue apenas pensando em não ficar na última posição. Para Steiner, um trunfo pode ser a recuperação do motor Ferrari, que comprometeu bastante em 2020.

“Seguimos com o objetivo de ficarmos na frente de Williams e Alfa Romeo, mesmo que seja uma disputa complicada, como foi ano passado. Nosso motor certamente vai melhorar, assim como o da Alfa Romeo, talvez possamos chegar na Williams neste aspecto”, seguiu.

A escolha da Haas por focar em 2022 e no novo regulamento já torna bem difícil a missão dos novatos Mick Schumacher e Nikita Mazepin. Sabendo da situação, o chefe do time só quer que os jovens ganhem maturidade no ano.

“Entendo que seria um sucesso se, ao final do ano, tivermos dois pilotos que aprenderam muito e que estejamos todos nos sentindo preparados para não cometermos mais erros em 2022”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube