F1

“Em casa desde a 1ª volta“, Sainz comemora estreia pela McLaren: “Um sonho que se tornou realidade”

Carlos Sainz Jr. iniciou um novo capítulo da sua carreira como piloto de F1. Nesta quarta-feira (28), no segundo dia dos testes coletivos em Abu Dhabi, o espanhol de 24 anos completou suas primeiras voltas como piloto da McLaren. Um dia para conhecer o carro que foi de Fernando Alonso
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Carlos Sainz Jr. (Foto: McLaren)

“Um sonho que se tornou realidade”. Foi com essas palavras que Carlos Sainz Jr. definiu seu primeiro dia a bordo do carro da McLaren nesta quarta-feira (28) de desfecho da sessão de testes coletivos da F1 em Abu Dhabi. O espanhol de 24 anos, contratado para ser o substituto de Fernando Alonso como titular da equipe de Woking, completou nada menos que 150 voltas, ou 833 km em Yas Marina. Foi um trabalho dedicado a conhecer os seus novos colegas de trabalho, além de se adaptar aos comandos e ao estilo de pilotagem do MCL33.
 
Ao longo da sessão, Sainz trabalhou junto à nova equipe na comparação dos pneus da atual temporada e os compostos desenvolvidos pela Pirelli para 2019. No fim de um dia cheio e sem problemas, o espanhol não poderia ter saído mais satisfeito.
 
“Sair da garagem hoje no meu primeiro dia como piloto da McLaren foi como um sonho que se tornou realidade. Quando completei meu primeiro stint me senti extremamente bem, e devo dizer que foi um dia bem simples. A equipe me fez sentir em casa desde a primeira volta e desde ontem, quando comecei a trabalhar com eles”, comentou o piloto.
Carlos Sainz Jr. estreou pela McLaren como titular nesta quarta-feira (Foto: McLaren)
“Fiz muitas voltas hoje e sou grato à equipe por me entregar um carro confortável para conseguir me iniciar neste novo capítulo e novo estilo de carro. Desde a primeira até à 150ª volta, curti todas elas. A impressão foi boa, e nós conseguimos terminar a temporada da melhor forma possível. Tão logo deixei os boxes, me senti confortável no carro. Claro que há sempre detalhes para melhorar e novas coisas a se adaptar, como o assento e o estilo de pilotagem, mas desde a primeira volta pude passar o tempo me adaptando e conhecendo todos os novos controles e procedimentos. E isso é ótimo”, detalhou.
 
Desde que se despediu da Renault no último domingo, quando conquistou o sexto lugar do GP de Abu Dhabi, Sainz já se integrou à McLaren em um natural processo de adaptação visando o ano que vem. “Foram dias bem intensos depois que terminamos a corrida em Abu Dhabi, conhecendo muitos nomes e entendendo como o carro funciona. Estou ansioso para passar mais tempo na fábrica durante o inverno para conhecer melhor a equipe e nos prepararmos da melhor forma possível para 2019”, complementou.
 
Gil de Ferran, diretor esportivo da McLaren, comemorou a chegada de Sainz como a representação de novos tempos na equipe. O brasileiro deu as boas-vindas ao novo piloto e aproveitou para agradecer ao esforço de todos os funcionários em meio a um ano pra lá de difícil e desafiador.
Carlos Sainz Jr. completou mais de 800 km com o MCL33 em Yas Marina (Foto: McLaren)
“Hoje foi um dia empolgante para toda a equipe por ter um piloto completamente novo no carro. A principal meta hoje foi nos familiarizarmos, o que conseguimos. Completamos uma grande quilometragem e realizamos todos os testes exigidos pela Pirelli”, avaliou.
 
“Para encerrar, neste último dia que nosso carro de F1 rodou neste ano, gostaria de dar oficialmente as boas-vindas a Carlos à equipe e, novamente, agradecer a todos que contribuíram com o enorme esforço durante a temporada de 2018. Aproveitem as férias”, finalizou o dirigente brasileiro.