Em GP do Azerbaijão “divertido demais”, Bottas vai ao pódio depois de “incidente de corrida” com Räikkönen na largada

Valtteri Bottas foi do último lugar ao segundo ao longo de 51 voltas. O finlandês tirou proveito de um GP do Azerbaijão repleto de reviravoltas e incidentes para apagar uma largada em que tudo deu errado

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Valtteri Bottas viveu uma montanha-russa de emoções no GP do Azerbaijão deste domingo (25). O piloto finlandês se envolveu em um acidente com Kimi Räikkönen na largada e, com pneu furado e asa dianteira quebrada, acabou uma volta atrás dos líderes. Mesmo assim, uma corrida combativa levou o #77 ao segundo lugar em Baku.
 
“Foi uma corrida louca com muita coisa acontecendo”, resumiu Bottas. “Estava uma volta atrás no começo e precisei ultrapassar em safety-car para alcançar todo mundo. Isso mostra que você não pode desistir nunca, não se sabe o que vai acontecer. A equipe conseguir consertar o carro sob bandeira vermelha. Foi divertido demais. Considerando o que aconteceu na largada, foi um bom resultado para nós”, seguiu.
 
A largada quase foi game-over para Bottas. “Eu estava por dentro na aproximação da curva 2, Kimi [Räikkönen] estava por fora, e não havia espaço para mim, tive que subir na zebra. É óbvio que o carro saltou e eu não consegui manter minha linha. Foi incidente de corrida”.
Valtteri Bottas (Foto: Mercedes)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Bottas recuperou a volta em regime de safety-car. Desde 2013, todos os retardatários podem voltar ao giro dos líderes quando o carro de segurança é acionado.
 
Depois de recuperar a volta, Bottas ainda era o último e parecia distante de um bom resultado. Mas o bom ritmo permitiu que Valtteri desse a volta por cima, terminando em segundo ao ultrapassar Lance Stroll na linha de chegada.

A temporada da F1 volta em duas semanas, 9 de julho, com o GP da Áustria. No ano passado, Lewis Hamilton foi quem ficou com a vitória. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL.

NOVA DERROTA EM 2017 MOSTRA QUE TOYOTA E LE MANS SÃO COMO ‘ÁGUA E ÓLEO’

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:

0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe,
.embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;

top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube