Em meio a grave crise financeira, Lotus vê pódio de Grosjean no GP da Bélgica como “inacreditável e fantástico”

Alan Permane, chefe de operações de pista da Lotus, exaltou o feito de Romain Grosjean, que colocou a equipe de volta ao pódio depois de uma grande corrida em Spa-Francorchamps no último domingo. O franco-suíço ainda teve de lidar com uma punição por troca de câmbio, algo que também é decorrente da crise financeira que acomete o time de Enstone

Romain Grosejan alcançou um grande feito no GP da Bélgica, no último domingo (23). Ao tirar proveito da potência do motor Mercedes, o franco-suíço superou a punição por troca de câmbio, largou em nono e fez bela corrida. Ainda, contou com a sorte ao superar Sebastian Vettel, com pneu furado, na última volta para garantir o pódio para a Lotus, o primeiro desde o GP dos Estados Unidos de 2013. A conquista foi um grande alento para time, que vive grave crise financeira.

Um dos reflexos desta crise está sendo vivido na pele pela equipe. Por conta de um litígio judicial envolvendo o piloto Charles Pic, reserva do time em 2014, toda a estrutura de corrida da Lotus permanece em Spa-Francorchamps. O francês pede na justiça a quantia equivalente a R$ 3,2 milhões para compensar o fato de que a escuderia não lhe deu os testes que contratualmente foram acordados.

Pódio de Romain Grosjean no fim de semana foi alento em meio a grave crise financeira da Lotus (Foto: AP)

Este é mais um entre tantos problemas que a Lotus tem de enfrentar enquanto define seu futuro. O time pode ser vendido para a Renault, que almeja retornar ao grid como equipe em um futuro próximo, embora a marca tenha sondado recentemente a Force India, que trava dura briga com a Lotus pelo quinto lugar do Mundial de Construtores.

“Nós tivemos uma temporada muito difícil”, declarou Alan Permane, chefe de operações de pista da Lotus, em entrevista à emissora britânica Sky Sports.

“Não há dúvida alguma de que esta é a pior temporada que tivemos financeiramente, e a cada fim de semana fazemos um enorme esforço para colocar os carros na pista. Assim, conseguir coloca-lo no pódio é simplesmente inacreditável. Para todos aqui e em Enstone, é simplesmente fantástico”, vibrou.

Permane contou também que a falta de recursos financeiros tem prejudicado não apenas o desenvolvimento do promissor e bem-nascido E23, mas principalmente porque gera situações que prejudicam a vida dos seus pilotos, como aconteceu com Grosjean no último fim de semana.

“Nós só temos três caixas de câmbio. A maioria das equipes — e nós certamente no passado —, trouxe cinco ou seis caixas de câmbio, mas só temos três este ano, e é onde estamos. Então alguém tem de usar seu câmbio de corrida numa sexta-feira e, infelizmente, foi Romain, e ele teve um problema e tomou uma punição de cinco posições. Em circunstâncias normais, isso seria apenas uma troca de câmbio sem punição”, explicou.

“Poderíamos ter feito muitas coisas melhores nesta temporada se tivéssemos um pouco mais de investimento. Venho dizendo que nossos proprietários nos sustentaram ao longo de tempos difíceis e eles têm tirado dinheiro do bolso para manter a equipe e vindo para as corridas. E isso é o que importa, conseguir estar aqui e marcar pontos como este”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube